Alexandre Barros anuncia volta ao motociclismo

Após temporadas sem correr profissionalmente, paulista retorna às competições aos 46 anos de idade

Seis meses após se tornar avô pela primeira vez, Alexandre Barros anunciou nesta terça-feira (11) que estará de volta às competições nesta temporada. O melhor piloto brasileiro de motovelocidade da história não corria profissionalmente desde o ano de 2007, quando se aposentou da MotoGP após temporada pela equipe Pramac Ducati.

Bastante ativo no meio motociclístico brasileiro desde então, com escola de pilotagem e times na Moto1000GP e Superbike Brasil, Barros teve o gosto de retornar às pistas na última etapa do campeonato de Superbike no ano passado, quando substituiu o italiano Sebastiano Zerbo e ganhou a prova.

“Eu corri no ano passado, mas foi de supetão”, brincou em entrevista ao Motorsport.com. “Foi essa corrida que me levou a essa possibilidade de voltar.”

“O impacto do meu retorno naquele dia em Interlagos foi muito grande. Eu não esperava isso. Estava sem piloto pela contusão do (Diego) Pierluigi, cheio de convidados e patrocinadores. Resolvi defender o negócio e correr. Deu tudo certo e começou a dar ideias. Naquele dia eu pareci uma criança. Voltei para a academia faz dez meses, ainda preciso perder peso, uns 6 kgs.”

Neste ano, a Alex Barros Racing, que corria até o ano passado com motos da BMW, passará a utilizar motos CBR1000RR da Honda. Barros terá como companheiro o argentino Diego Pierluigi. A fabricante japonesa, no entanto, continua com sua equipe oficial no campeonato. Um dos pilotos da equipe é Eric Granado de 20 anos, que já passou pelo mundial de motovelocidade nas categorias Moto2 e Moto3 e também compete na Europa.

“O Eric está andando muito bem. Fez tempos ótimos na pré-temporada. Eu cheguei a ajuda-lo no início da carreira dele – ele tem a idade do meu filho.”

“Vamos ver como o vovô vai se sair nessa”, finalizou.

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Bike
Tipo de artigo Últimas notícias