Barreda abandona Rally Dakar

Piloto espanhol da Honda parou no posto médico da Fiambalá assim que ele começou o estágio 11 e decidiu se retirar da corrida

O sonho de Joan Barreda de ganhar este Dakar recebeu um golpe definitivo nesta quarta-feira no caminho para Fiambalá. Na segunda maratona para motos e quadriciclos da edição de 40º aniversário do rali, o espanhol parou no km 98 e pressionou o botão vermelho de "acidente com lesões".

De lá, ele pilotou para o posto médico em Fiambalá, a poucos quilômetros de distância, e parou de novo. A organização ainda não conhece o estado do piloto de Castellón e se ele sofreu qualquer tipo de queda, mas confirmou que o espanhol abandonou a corrida.

O certo é que começou a especial de hoje "bastante cansado" após os problemas com a planilha de segunda-feira para Belén.

Barreda disputava seu oitavo Dakar, mas chegou a esta edição depois de ter lesionado gravemente seu pulso esquerdo. No estágio 7, no caminho para Uyuni, ele sofreu uma queda que o deixou com um joelho machucado. E, embora nestes dias tenha corrido com uma forte vantagem para tentar continuar lutando pela vitória, depois de chegar ao segundo lugar na general na terça-feira, mas a 39m42s da Walkner, Barreda desistiu.

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Dakar
Evento Dakar
Pilotos Joan Barreda
Tipo de artigo Últimas notícias