Casale garante título dominante no Dakar nos quadriciclos

O chileno Ignacio Casale garantiu de forma dominante seu segundo título no Dakar na categoria dos quadriciclos na edição de 2018.

Casale, que venceu o rali pela primeira vez em 2014 e se juntou aos irmãos Patronelli como vencedores em mais de uma vez nos quadris, terminou a competição 1h39 à frente do rival mais próximo, Nicolas Cavigliasso.

O triunfo do chileno nessa corrida ficou quase certo após o atual campeão, Sergey Karyakin, ter sofrido um acidente e fraturado seu braço quando estava na segunda posição, ainda no quinto dia.

No sétimo dia, Casale estava mais de uma hora à frente, precisando apenas se classificar nos estágios restantes para garantir o troféu em Córdoba.

Ainda assim, ele permaneceu com frequência entre os mais velozes na segunda semana, ficando de fora do top 3 em somente um dos 12 estágios.

Casale garantiu o título ao liderar a final de 120 km ao redor de Córdoba, onde o chileno derrotou Nelson Sanabria para vencer seu quinto estágio do evento.

O estreante Cavigliasso ficou bem próximo, em terceiro no dia, e garantiu o posto de vice-campeão, tendo vencido dois estágios no início da maratona.

O compatriota Jeremias Gonzalez obteve seu segundo pódio no Dakar, fechando meia hora atrás de Cavigliasso. 

O brasileiro Marcelo Medeiros completou a prova na quarta colocação na classificação geral. Ele foi o nono colocado na final de Córdoba, o que o deixou 4h30 atrás de Casale no resultado completo. 

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Dakar
Evento Dakar
Pilotos Ignacio Casale , Nicolás Cavigliasso
Tipo de artigo Relato de estágio