Dakar inicia negociações com países africanos para 2020

compartilhar
comentários
Dakar inicia negociações com países africanos para 2020
Sergio Lillo
Por: Sergio Lillo
Traduzido por: Daniel Betting
22 de mai de 2018 17:56

O diretor do Rally Dakar, Etienne Lavigne, revelou que sua equipe começou a explorar a possibilidade de devolver a competição para o continente africano em 2020

O Dakar transferiu-se para a América do Sul em 2009, depois que a edição de 2008 do rali, que deveria começar em Lisboa, Portugal, e terminar em Dakar, no Senegal, foi cancelada após ameaças terroristas.

No entanto, as dificuldades em garantir uma rota satisfatória para a edição de 2019 levaram a ASO, organizadora do rali, a iniciar negociações com algumas nações africanas sobre um possível retorno ao continente no futuro.

A informação surgiu após a confirmação de que o Dakar do ano que vem será disputado apenas no Peru, depois que Chile se retirou no último minuto e Argentina e Bolívia desistiram de voltar.

Em entrevista ao Motorsport.com, o diretor do rali Etienne Lavigne respondeu afirmativamente se os organizadores consideraram devolver o Dakar à África.

"Você pode imaginar que, com o contexto deste ano, é uma necessidade para nós pensar em outros locais, porque não podemos continuar sofrendo com decisões que não podemos controlar", disse Lavigne.

"Não podemos permitir essa situação, porque o Dakar é o maior rali do mundo e o mais importante em todos os níveis. Por isso, precisamos planejar um futuro”.

"Começamos a trabalhar por vários meses para construir contatos em outros países, como Argélia, Angola e Namíbia. Fizemos várias viagens à Argélia para nos reunirmos com os líderes políticos e sabemos que há uma disposição para organizar um evento desse tipo.”

"Todas as equipes e pilotos esperam todos os anos para ter um Dakar atraente e interessante. É por isso que você precisa pensar em outros países para as próximas edições."

A última vez que o Dakar passou pela Argélia foi em 1993, enquanto no ano anterior visitou Angola e Namíbia como parte de uma longa maratona de Paris à Cidade do Cabo, na África do Sul.

Next article
Dakar pensa em possível retorno à África

Previous article

Dakar pensa em possível retorno à África

Next article

Peru coloca realização da edição 2019 do Dakar em dúvida

Peru coloca realização da edição 2019 do Dakar em dúvida
Load comments

Sobre esta matéria

Categoria Dakar
Autor Sergio Lillo
Tipo de matéria Últimas notícias