Dobradinha brasileira não evita título de “Chaleco” nos UTVs

compartilhar
comentários
Dobradinha brasileira não evita título de “Chaleco” nos UTVs
17 de jan de 2019 15:34

Reinaldo Varela e Gustavo Gugelmin venceram última etapa do Dakar 2019 e foram acompanhados por Cristian Baumgart e Beco Andreotti. Mesmo assim, Francisco “Chaleco” Lopes é campeão do maior rali do mundo na categoria SxS

O Dakar 2019 chegou ao fim nesta quinta-feira, com o retorno dos pilotos a Lima, capital peruana. Os 112 quilômetros cronometrados tiveram Reinaldo Varela e Gustavo Gugelmin cravando 1h25min09s. Cristian Baumgart e Beco Andreotti vieram logo em seguida, 3min39s mais lentos.

Mas a edição do maior rali do mundo tem dono. Francisco “Chaleco” Lopez Contardo foi o terceiro colocado e garantiu seu primeiro título do Dakar. O chileno levou a competição em sua primeira tentativa, tendo experiência anterior nas motos.

Gerard Farres, que foi o quinto colocado hoje, ficou com o vice-campeonato, enquanto que Varela e Gugelmin tiveram que se conformar com a terceira colocação.

Marcos Baumgart e Kleber Cincea finalizaram o rali em sexto e Cristian Baumgart e Beco Andreotti em nono. O português Miguel Jordão, que teve o brasileiro Lourival Roldan como navegador, fechou o Dakar na sétima posição no geral.

Next article
Varela leva estágio, mas permanece em 3º no geral

Previous article

Varela leva estágio, mas permanece em 3º no geral

Next article

Price conquista bicampeonato do Dakar com vitória em estágio final

Price conquista bicampeonato do Dakar com vitória em estágio final
Load comments

Sobre esta matéria

Categoria Dakar