Espanhola atropela lhama, mas tem melhor colocação no Dakar

Laila Sanz vem subindo de posições a cada etapa e está em sua melhor colocação após estágio de domingo

Laia Sanz continua com seu ritmo constante na 40ª edição do Dakar. A catalã conseguiu escalar a classificação e procura acabar ainda melhor do que a 13ª posição que ocupa agora.

Já na Bolívia, Sanz conseguiu chegar ao 17º no geral e no domingo ele conseguiu subir para a nona posição, após o estágio Uyuni-Tupiza e fechar em 13º, apesar de uma lhama imprudente que cruzou seu caminho.

"Estou muito feliz porque terminei um dia muito difícil", disse Sanz. "Fiz bons tempos e também no quilômetro 10 eu bati em uma lhama e quase caí. Levei um susto porque era uma área muito rápida e danifiquei um pouco a moto, mas por sorte, meu radiador não quebrou e consegui fazer um bom dia", disse a piloto da KTM no bivouac improvisado em Tupiza.

"Ontem foi um dia difícil, mas hoje com a altitude se tornou ainda mais duro e isso foi adicionado à fadiga acumulada", diz ela.

Nesta segunda-feira Laia terá que se deslocar a Salta, depois do cancelamento do estágio que aconteceria hoje, de 242 quilômetros.

"Estar entre os 10 melhores no estágio de maratona me dá uma boa confiança para os dias que teremos na Argentina". Lá, onde o Dakar é decidido e onde Sanz espera terminar o trabalho e melhorar o seu 16º lugar em 2017.

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Dakar
Evento Dakar
Pilotos Laia Sanz
Tipo de artigo Últimas notícias