Loeb teme que 2018 tenha sido sua última chance no Dakar

Nove vezes campeão do WRC é obrigado a abandonar e diz que retornar ao rali não está em seus planos

Depois de liderar o quarto estágio do Rali Dakar, Sebastien Loeb viu suas esperanças de vitória acabarem no quinto estágio após seguidos problemas e um acidente que deixou seu navegador, Daniel Elena, com dores no corpo. A contusão foi o motivo do abandono de Loeb.

Fora do rali agora, o piloto de 43 anos admite que suas esperanças de adicionar seu nome à lista de vencedores de Dakar sofreram um grande abalo.

"Talvez, porque no momento não pretendo voltar", disse ele.

"Vou continuar com a Peugeot em algumas outras categorias, como Rallycross. Então, no momento, não tenho a chance de vencer Dakar."

Refletindo sobre o acidente em si, Loeb diz que não havia espaço para diminuir a velocidade para evitar que o carro atingisse a areia macia.

"Foi um início muito complicado. A areia estava muito solta, o carro simplesmente não subia as dunas, e ficamos presos mais ou menos imediatamente por 20 minutos ou mais", disse ele.

"Então, quando nós voltamos, conseguimos seguir os trilhos deixados na terra, e isso ajudou muito.”

"Chegamos a uma duna onde havia outro concorrente parado em cima, e para não ter que parar enquanto estávamos subindo, fui direto para evitá-lo. Mas havia um buraco no topo da crista que não tínhamos visto. Nós o acertamos com força.”

"Não havia nada mais que pudéssemos fazer além de esperar que o caminhão nos tirasse de lá.”

"Daniel sofreu muita dor pelo impacto. Nós até terminamos o estágio muito devagar, para não piorar a dor. Dada a lesão de Daniel, ficamos sem outra opção senão abandonar".

Reportagem adicional Gerald Dirnbeck

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Dakar
Pilotos Sébastien Loeb
Tipo de artigo Últimas notícias