Ten Brinke é o mais rápido do dia; Sainz mantém liderança

Piloto da Toyota foi o melhor da 11ª etapa do Dakar 2018, enquanto que pouco mudou no duelo Sainz e Peterhansel

Bernhard Ten Brinke ditou o ritmo na maior parte do dia e conseguiu sua segunda vitória no Dakar, no estágio entre Belén e Chilecito. O primeiro triunfo havia sido na edição de 2016.

Cyril Despres, da Peugeot, foi o rival mais próximo do holandês, terminando 4min35s abaixo do ritmo de Ten Brinke.

Os companheiros de equipe de Despres, Carlos Sainz e Stephane Peterhansel, primeiro e segundo na classificação geral, ficaram entre os quatro primeiros no dia, respectivamente.

O espanhol bateu Peterhansel no final, mas adicionou apenas 10 segundos à liderança sobre o francês.

A ex-estrela do WRC, Mikko Hirvonen, foi o mais rápido nos dois primeiros waypoints, no entanto, um incidente no 107º km o forçou uma longa parada para reparos.

Com 1.012 km de competição, faltando três estágios, o líder do rali, Sainz é 50min45s sobre Peterhansel, enquanto os dois perseguem a honra de marcar a vitória de despedida da Peugeot.

Al-Attiyah permanece em terceiro, 1h14min de Sainz.

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Dakar
Evento Dakar
Pilotos Carlos Sainz , Stéphane Peterhansel , Cyril Despres , Bernhard Ten Brinke
Equipes Gazoo Racing
Tipo de artigo Relato de estágio