Torres e Roldan conquistam Dakar histórico para Brasil

Dupla brasileira chega em segundo em último estágio e sela título na competição de UTVs

O Brasil foi para o lugar mais alto do pódio pela primeira vez no rali de maior prestígio do mundo. Neste sábado, Leandro Torres e o navegador Lourival Roldan terminaram em segundo na ultima especial do Dakar até Buenos Aires e selaram o título na competição de UTVs, que estreou em 2017.

A vitória deste sábado ficou com o russo Maganov Ravll, pouco mais de quatro minutos à frente dos brasileiros.

"Não sabemos ainda onde estamos direito, fisicamente a gente sabe, mas a cabeça está no mundo da Lua", disse Torres emocionado ao Fox Sports. "Muitas pessoas no Brasil torceram por nós."

"Realmente é um marco, o Brasil nunca foi campeão de uma categoria do Dakar, tem totais condições de ter mais gente aqui e acredito que a maior vitória não é minha e nem do Lourival, é de todos nós."

"Todos gostam de rali no Brasil e os apaixonados sempre nos incentivaram muito. Acho que a gente deixa um legado aqui para mais pessoas tomarem a mesma atitude que nós. Não sou nenhum garoto, o Lourival também não, e isso mostra que o brasileiro é diferente, que quando quer, ele consegue."

Lourival Roldam também agradeceu: "Eu falei que neste ano seríamos campeões. Quero agradecer a torcida e a todos que acompanharam, não estávamos sozinhos, estávamos contando com a energia de todos do Brasil e do pessoal que estava na estrada nos olhando", finalizou o experiente navegador.

Resultado final

PosiçãoPilotoUTVTempo/Dif
1.

 Leandro Torres

Polaris

54h01min50s
2.

 Wang Fujiang

Polaris 4h42min34s
3.

 Maganov Ravll

Polaris 6h05min35s
4.

 Mao Ruijin

Polaris 23h32s53

 

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Dakar
Pilotos Leandro Torres
Tipo de artigo Relato de estágio