Blomqvist lidera 1-2-3-4 da BMW; Farfus é 2º

Novato supera brasileiro na largada para vencer pela primeira vez no DTM; 5º, Pascal Wehrlein segue líder do campeonato

Tom Blomqvist, filho do lendário piloto de rali Stig Blomqvist, venceu a segunda corrida da rodada dupla do DTM em Oschersleben, realizada neste domingo (13). O britânico superou Augusto Farfus na largada e permaneceu na liderança até a bandeira quadriculada ser agitada.

Assim como na corrida de sábado, a BMW dominou as quatro primeiras posições, com o brasileiro chegando em segundo, Marco Wittmann em terceiro e Antonio Felix da Costa em quarto. O 'melhor do resto' foi Pascal Wehrlein. Com o resultado, o piloto da Mercedes ampliou a vantagem na liderança do campeonato sobre Mattias Ekstrom (140 a 126), que sai de Oschersleben sem marcar um ponto sequer.

“Incrível, não tenho palavras para descrever o que estou sentindo. Só posso agradecer e comemorar bastante esta noite. Algumas coisas deram errado para mim no início da temporada, mas agora tudo parece ter entrado nos trilhos. Hoje, o ponto era converter minha segunda posição no grid em um bom resultado", disse o vencedor da prova.

Paul di Resta, Timo Glock, Jamie Green, Maxime Martin e Bruno Spengler completaram o top-10 da segunda corrida em Oschersleben - di Resta e Green, além de Wehrlein, foram os únicos intrusos no domínio exercido pela BMW na pista alemã. 

Paul di Resta, Timo Glock, Maxime Martin e Bruno Spengler terminaram dentro do top 10 para a Mercedes e a BMW respectivamente. Jamie Green em oitavo foi o único piloto da Audi a levar pontos para casa nesta segunda corrida em Oschersleben.

A próxima rodada dupla do DTM acontecerá entre os dias 25 e 27 de setembro, em Nurburgring.

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias DTM
Evento Oschersleben
Pista Oschersleben
Pilotos Tom Blomqvist
Tipo de artigo Relato da corrida