Coulthard critica divulgação do DTM fora da Alemanha

compartilhar
comentários
Coulthard critica divulgação do DTM fora da Alemanha
Jamie Klein
Por: Jamie Klein
25 de jul de 2018 20:59

Escocês acredita que categoria não se saiu suficientemente bem em se promover fora da Alemanha e acha que campeonato precisa de visão mais internacional

David Coulthard, que competiu no DTM de 2010 a 2012 com a Mercedes, falou com jornalistas em um evento promocional para a próxima etapa do campeonato em Brands Hatch.

O escocês lamentou que a decisão de adicionar mais corridas não alemãs ao programa do DTM tenha vindo com a decisão da Mercedes de deixar o campeonato após a temporada de 2018.

"Sempre achei que era uma pena que o DTM não tivesse mais presença no Reino Unido", disse Coulthard ao Motorsport.com.

“Eles não foram, para ser críticos, proativos em promover a categoria fora da Alemanha. Mas enquanto eles tinham o apoio dos fabricantes e dos fãs, eles não precisavam. As coisas mudam.”

“Você tem que evoluir ou morrer, e eu vim ajudar a promover porque acredito no campeonato e eles merecem uma plataforma maior para serem reconhecidos.”

“Muitos pilotos do DTM estão servindo as equipes de F1 [como pilotos de teste ou de simulador] ou correram com as equipes de F1. Isso diz tudo que você precisa saber sobre a categoria.”

“O campeonato precisa dessa promoção, as pessoas precisam saber disso, precisam estar acessíveis. Poucos fãs [do Reino Unido] vão a Hockenheim para assistir o DTM em vez de ir à Spa para assistir a F1.”

Coulthard sugeriu que o DTM poderia ter futuro como uma série mais internacional nos próximos anos, possivelmente até com status de mundial.

"Seja chamando DTM ou qualquer outra coisa, acho que há espaço no mundo do automobilismo para esse tipo de corridas de carros de turismo de alto nível", disse ele.

“A fórmula E é a única forma de corrida elétrica, por isso é definida como tal. Se a F1 se tornasse um campeonato elétrico, superaria a Fórmula E por causa de sua infraestrutura e plataforma.”

“Com o maior respeito ao World Touring Cars [WTCR], esses pilotos gostariam de competir no DTM porque é mais rápido. Qualquer coisa mais rápida e com mais desempenho é mais divertido.”

O piloto da Mercedes, Paul di Resta, também sugeriu que a união das regras do DTM de 2019 com o campeonato Super GT do Japão poderia ser o precursor de um campeonato mundial.

"Essencialmente, é aí que precisa ser", disse Di Resta. “Costumava ser o ITC [International Touring Cars, em 1995-1996, na foto abaixo], e eu acho que é um campeonato mundial, é o que é o DTM.

Giancarlo Fisichella, Alfa Romeo 155 V6 Ti
Giancarlo Fisichella, Alfa Romeo 155 V6 Ti

Photo by: Sutton Images

Próxima DTM matéria
Di Resta se diz aberto a ficar no DTM mesmo sem Mercedes

Previous article

Di Resta se diz aberto a ficar no DTM mesmo sem Mercedes

Next article

Campeão do WRC fará estreia no DTM na Áustria

Campeão do WRC fará estreia no DTM na Áustria
Load comments

Sobre esta matéria

Categoria DTM
Pilotos David Coulthard , Paul di Resta
Autor Jamie Klein
Tipo de matéria Últimas notícias