Lesoto sedia um dos eventos de motocross mais duros do mundo

O Motul Roof of Africa, competição off-road, é considerado como um dos mais difíceis desafios que um piloto de motocross enfrentar

O Roof of Africa vai acontecer no Lesoto neste fim de semana, um país pequeno com um tamanho similar ao da Bélgica, totalmente contornado pela África do Sul.

O terreno áspero característico com altitude variando entre 1.400 e 3.000 metros consiste em passagens rochosas de montanha, alternando com o terreno aberto.

A presença internacional é notável na lista de concorrentes. Graham Jarvis, um veterano britânico e três vezes vencedor do evento, está entre os favoritos.

Com sua Husqvarna, Jarvis lutará contra uma legião de pilotos da KTM, como o veterano alemão de 42 anos, Andreas Lettenbichler e Alfredo Gomez. O espanhol de 27 anos ganhou vários campeonatos e marcou presença em pódios em eventos de enduro.

O austríaco Lars Enockl é cotado como outro candidato, tendo ganhado recentemente um outro evento. Eles encontram oposição da estrela britânica de ascensão Billy Bolt, que faz sua estreia.

Os sul-africanos estão presentes maciçamente, mas um piloto fará falta. Wade Young, bicampeão do evento, foi forçado a cancelar sua participação já que ainda se recupera de uma lesão.

Isso deixa pilotos como Travis Teasdale, Brett Swanepoel, Kenny Gilbert e Altus de Wet com a tarefa de garantir a vitória em terreno familiar.

As ações começam nesta quinta-feira com uma corrida de rua em Maseru, capital do Lesoto, e termina no sábado, após dois dias de off-road. Os concorrentes irão fazer mais de 425km.

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Enduro
Evento Roof of Africa
Tipo de artigo Preview