Ecclestone quer filho de Schumacher na F1 em breve

Chefe dos direitos comerciais do campeonato diz que precisa de atenção trazida pelo nome famoso do jovem alemão

Na Fórmula 3 europeia em 2017, Mick Schumacher continua sua escalada rumo à Fórmula 1. O piloto de 17 anos, mesmo após o grave acidente de seu pai, enquanto ambos esquiavam nos alpes franceses no fim de 2013, continuou sua carreira de piloto.

Mick foi vice-campeão tanto do campeonato alemão quanto do italiano de Fórmula 4 em 2016.

Bernie Ecclestone acredita que Mick Schumacher possa aumentar a atenção pelo esporte se chegar à Fórmula 1 no futuro, por isso quer ver o alemão no campeonato em breve.

"Se ele estiver perto do quão bom foi seu pai, por que não?”, disse Ecclestone ao jornal alemão Bild.

"Seria bom para a Fórmula 1 se o nome de Schumacher fosse novamente representado."

Na Fórmula 3 europeia em 2017, Mick Schumacher se vê a cada dia mais perto da F1.

"Do ponto de vista profissional, a Fórmula 3 está um pouco mais perto da Fórmula 1. Tudo se aproxima e se torna um pouco mais difícil", falou Mick, que correrá pela equipe Prema.

"Eu quero ser campeão mundial de Fórmula 1 – é o que todo piloto quer, eu acho."

A Williams assinou com Lance Stroll, que ganhou o título da F3 Euro com a Prema em 2016. Os companheiros de Schumacher no time para 2017 serão Callum Ilott (18 anos) e Guanyu Zhou (17 anos).

O irmão de Michael Schumacher, Ralf, também competiu na Fórmula 1, correndo para a Jordan, Williams e Toyota entre 1997 e 2007, conseguindo seis vitórias e outros 21 pódios. 

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias F3 Europe
Pilotos Mick Schumacher
Tipo de artigo Últimas notícias