Mick Schumacher "me lembra Michael", diz Berger

compartilhar
comentários
Mick Schumacher
Charles Bradley
Por: Charles Bradley
Traduzido por: Daniel Betting
14 de out de 2018 18:04

Chefe do DTM, Gerhard Berger, diz que Mick Schumacher o lembra de seu pai Michael em muitos aspectos, e acredita que o jovem pode chegar à Fórmula 1 se continuar mostrando a forma que o levou ao título da F3 europeia

Mick Schumacher in the Mercedes-AMG C63 DTM with Gerhard Berger, ITR Chairman
Champion 2018, Mick Schumacher, PREMA Theodore Racing Dallara F317 - Mercedes-Benz
Gerhard Berger, ITR Chairman
Mick Schumacher, PREMA Theodore Racing Dallara F317 - Mercedes-Benz
Podium: winner Michael Schumacher, Benetton, second place Johnny Herbert, Benetton, third place Gerhard Berger, Ferrari
Champion Mick Schumacher, PREMA Theodore Racing Dallara F317 - Mercedes-Benz

Mick Schumacher selou o título da F3 europeia no sábado com uma corrida de sobra, 28 anos depois de o pai Michael ter vencido o título alemão da F3 de 1990, em uma temporada que também terminou na pista de Hockenheim.

Michael foi a força motriz por trás da carreira de Mick no kart até o acidente de esqui em 2013, que o deixou com graves lesões cerebrais, e o heptacampeão de F1 continua recebendo cuidados médicos e reabilitação em sua casa na Suíça.

Mick tinha 14 anos e estava com o pai no momento do acidente, e posteriormente correu com o lema "Keep Fighting" (Continue lutando) e "Never Give Up" (Nunca Desista) em seu carro.

Leia também:

Depois da corrida de sábado, Berger - que trocou de lugar com a Michael Schumacher entre a Benetton e a Ferrari antes da temporada de F1 de 1996 - disse: “Claro, estou feliz por Mick. Ele venceu e conquistou o título cedo com um pódio conquistado por seus próprios meios.”

“No entanto, também estou muito feliz por Michael Schumacher e desejo que ele esteja de volta conosco um dia para assistir a carreira de Mick junto com todos nós.

“Mick não se parece apenas com seu pai, não tem apenas a mesma postura e a mesma caminhada, ele até tem os antebraços do pai como eu notei ontem. Mas a coisa decisiva é: particularmente nas últimas semanas, ele provou que tem os genes de piloto de corrida de seu pai.”

"Enquanto for capaz de continuar entregando esse desempenho, sua carreira o levará para a Fórmula 1."

O chefe da Mercedes na Fórmula 1, Toto Wolff, que também esteve em Hockenheim para assistir ao sucesso do título de Schumacher, também elogiou o jovem piloto.

“A atenção estava focada no jovem desde o início, e ele estava sob muita pressão. Não é fácil lidar com tudo isso, especialmente se a temporada não tiver o melhor dos começos, como neste caso.”

“Sua atuação na segunda metade da temporada foi, portanto, ainda mais impressionante. Ele mostrou que tem o que é preciso e que pode se tornar um dos grandes nomes do nosso esporte.”

"Também estamos obviamente muito satisfeitos por ele ter registrado a 500ª vitória para a Mercedes na F3 e ter garantido o título em um carro equipado com motor Mercedes".

Reportagem adicional de Adam Cooper

Next article
Filho de Schumacher é campeão da F3 europeia

Previous article

Filho de Schumacher é campeão da F3 europeia

Next article

Wolff: "Mick Schumacher pode se tornar um dos grandes”

Wolff: "Mick Schumacher pode se tornar um dos grandes”
Load comments