14º, Nasr agradece time por trabalho de conserto entre sessões

Brasileiro sofreu acidente durante último treino livre e não conseguiu bom ritmo na classificação. Ericsson é 12º.

O brasileiro Felipe Nasr teve um sábado complicado em Montreal no Canadá. No final do terceiro treino livre, o piloto da Sauber cometeu um erro na reta oposta aquecendo seus pneus e bateu de frente, destruindo seu carro. Nasr estava com o DRS ativado acidentalmente e perdeu a aderência de sua Sauber, indo para o muro.

Ele ficou com o 15º tempo na classificação, mas, devido à punição de Verstappen, Felipe subiu para 14º lugar.

"Primeiro de tudo, gostaria de agradecer a equipe por deixar o meu carro pronto para a classificação”, iniciou Nasr.

“Eles fizeram um trabalho incrível, estou realmente impressionado com o trabalho feito. O 14º neste treino é uma posição da qual serei capaz de lutar por pontos amanhã certamente."

Mesmo duas posições à frente, Marcus Ericsson também revelou um tímido otimismo para ficar entre os dez primeiros amanhã.

"Foi uma classificação decente”, falou.

“Infelizmente peguei um pouco de tráfego na minha melhor volta, o que custou alguns décimos. Depois do primeiro treino livre fizemos progressos, e me senti confortável no carro.”

“Sabemos que temos um forte ritmo de corrida, por isso, nosso objetivo é marcar pontos amanhã. Acho que isso é realista."

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP do Canadá
Sub-evento Sábado classificação
Pista Circuit Gilles-Villeneuve
Pilotos Marcus Ericsson , Felipe Nasr
Equipes Sauber
Tipo de artigo Últimas notícias