18º, Raikkonen lamenta dificuldades: "mal andei hoje"

Kimi Raikkonen enfrentou diversos problemas neste sábado (31), que impediram piloto de explorar potencial da Ferrari no circuito Hermanos Rodriguez; punido por troca de câmbio, finalndês larga em 18º

O sábado de Kimi Raikkonen não foi dos melhores. Durante o terceiro treino livre, o finlandês sofreu com uma falha mecânica que o obrigou a parar e perder praticamente toda a atividade. 

Os mecânicos da Ferrari tiveram que correr contra o tempo para aprontar o carro do finlandês para a classificação, mas uma falha nos freios fez Raikkonen rodar durante o Q2 e sequer passar para a fase decisiva da classificação.

Com isso, o piloto larga amanhã em 18º - com o problema da sessão matutina, a equipe italiana trocou o câmbio do carro do finlandês, o que gerou a perda de cinco posições no grid de largada como punição.

“Tivemos um problema pela manhã e precisamos parar. Com a falha e o fogo, fomos obrigados a colocar um motor antigo e trocar a caixa de câmbio. Não tivemos o tempo apropriado para efetuar os concertos de maneira apropriada, mas os mecânicos conseguiram colocar o carro na pista - o que acabou sendo uma das poucas coisas boas hoje", disse.

“Infelizmente, com o tempo limitado que tivemos, não conseguimos reajustar corretamente os freios. Sabíamos que seríamos punidos, então não fazia muito sentido ir para o Q3", afirmou.

Falta de rodagem traz dúvidas quanto ao desempenho

Em relação ao potencial do carro para a corrida, Raikkonen lamenta não ter explorado toda a capacidade da Ferrari no circuito Hermanos Rodriguez - visto que Sebastian Vettel larga em terceiro - devido à falha mecânica no terceiro treino livre.

“Eu mal andei hoje. Ontem o primeiro treino foi satisfatório, mas Sebastian (Vettel) fez um bom trabalho na classificação, deveríamos estar mais ou menos junto a ele. Amanhã tudo pode acontecer, mas não largaremos na posição ideal, definitivamente", disse.

“Pelo menos poderemos escolher com qual composto largar. Tentaremos fazer o melhor com o que temos e certamente as primeiras curvas serão complicadas aqui, pela longa reta de largada", afirmou.

Vettel surpreso com distância para Mercedes

Sebastian Vettel, terceiro no grid, revelou que esperava ficar mais próximo das Mercedes do que o que se viu no resultado final - o alemão ficou a 0.370s do tempo da pole de Rosberg.

"Pensávamos que estaríamos mais perto aqui, mas não foi o que se viu no fim das contas. Tentei de tudo e fiquei bastante satisfeito com minha primeira tentativa no Q3. Na segunda, porém, acabei forçando demais e perdi tempo", disse.

"Veremos o que acontece amanhã, parece uma pista divertida - e finalmente começou a ficar emborrachada, ontem estava muito escorregadia", completou.

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP do México
Pista Autodromo Hermanos Rodriguez
Pilotos Kimi Raikkonen
Equipes Ferrari
Tipo de artigo Últimas notícias