3º, Perez celebra: “fiz as duas melhores voltas da vida”

compartilhar
comentários
3º, Perez celebra: “fiz as duas melhores voltas da vida”
Luis Ramírez
Por: Luis Ramírez
29 de abr de 2018 17:14

Piloto se torna mexicano com mais pódios na história da Fórmula 1: “significa muito para mim”

Sergio Perez, Force India, celebrates with his team after the race
Sergio Perez, Force India, celebrates on the podium after the race
Third place Sergio Perez, Force India, celebrates on the podium
Sergio Perez, Force India celebrates in parc ferme
Third place Sergio Perez, Force India, celebrates on the podium
Kimi Raikkonen, Ferrari, 2nd position, the Mercedes Constructors trophy delegate, Lewis Hamilton, Mercedes AMG F1, 1st position, and Sergio Perez, Force India, 3rd position, on the podium
Podium: race winner Lewis Hamilton, Mercedes-AMG F1, second place Kimi Raikkonen, Ferrari, third place Sergio Perez, Force India
Podium: third place Sergio Perez, Force India

Depois de se tocar com Sergey Sirotkin na primeira volta do GP do Azerbaijão neste domingo, Sergio Perez se aproveitou de todas as confusões que ocorreram à sua frente para conquistar seu primeiro pódio na temporada e o oitavo da carreira.

Depois de ir aos boxes para trocar o bico no início, ele aproveitou o erro de Vettel e o furo de pneu de Bottas no fim para chegar em terceiro.

"É um pódio que significa muito. Bater em Pedro (Rodríguez) em pódios é algo importante", disse o mexicano à Fox Sports Latin America.

"Na parte final da corrida eu não estava pensando no pódio, pensei em aquecer os pneus e no quinto lugar. Achei que não tínhamos chance. Depois da última parada, soube que tínhamos o pior composto possível para a relargada."

"Desde o começo esta corrida foi uma montanha-russa. Quando o Safety Car entrou, eu tinha a asa dianteira um pouco solta e perguntei ao time sobre os danos. No final, eles decidiram parar e nós começamos a nos recuperar", acrescentou o mexicano.

"Fizemos uma boa corrida, fomos até o sétimo lugar e depois o Safety Car entrou de novo. A equipe me chamou de volta aos boxes e completamos uma penalidade de cinco segundos, mas também tivemos uma boa segunda parada. Nós ficamos à frente de Romain Grosjean".

Em relação ao momento em que ele ultrapassou Sebastian Vettel pelo terceiro lugar, o mexicano ressaltou que foi uma aposta alta.

"Todos eles estavam com ultramacio e eu com supermacio. Foi difícil manter as temperaturas. Na segunda curva eu não tinha nenhuma aderência. Toda a volta foi uma loteria, eu vi que os da frente tinham mais problemas que eu. Cheguei e passei por Sebastian. Eu sabia que faltavam algumas voltas. No final, foram as duas melhores voltas da minha vida".

"Eu não tinha aderência. A cada frenagem era difícil de parar o carro. Eu sabia que Sebastian estava atrás, foram as duas melhores voltas da minha carreira porque joguei tudo."

Sergio Perez esteve sob investigação após a prova por acionar o DRS supostamente onde não deveria, mas foi absolvido pela FIA.

Próxima Fórmula 1 matéria
GALERIA: O acidente polêmico das Red Bulls no Azerbaijão

Previous article

GALERIA: O acidente polêmico das Red Bulls no Azerbaijão

Next article

Vettel, sobre manobra em Bottas: “Eu tinha que tentar”

Vettel, sobre manobra em Bottas: “Eu tinha que tentar”
Load comments

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Evento GP do Azerbaijão
Localização Baku City Circuit
Pilotos Sergio Perez Shop Now
Equipes Force India
Autor Luis Ramírez
Tipo de matéria Reactions