"A imprensa inglesa tem sido muito dura comigo", reclama Perez

Mexicano de 23 anos reconhece que tem sentido a pressão por trabalhar na inglesa McLaren ao lado de Button

O mexicano Sergio Perez reconheceu que vem tendo dificuldades em se adaptar à McLaren. Em sua terceira temporada na Fórmula 1 depois de passar pela Sauber, o piloto de 23 ano diz se sentir pressionado pelos ingleses, tanto dentro, quanto fora da equipe.

“Ainda que tenha o apoio de meu país, o que me motiva a seguir adiante e tentar sempre, minha chegada à McLaren foi difícil. Estou em uma equipe inglesa, com um companheiro inglês e a imprensa inglesa tem sido muito dura comigo. Foi um início muito difícil e com muita pressão desde que cheguei.”

Um exemplo, segundo Perez, foi a reação exagerada à disputa que teve com o companheiro Jenson Button durante o GP do Bahrein. “Minha relação com ele está boa”, garantiu.

Além dos problemas de adaptação, o mexicano sofre ainda com um carro cuja performance está bem abaixo do que a McLaren está acostumada. A equipe é apenas a sexta colocada no Mundial de Construtores.

“Estamos muito longe. Na classificação, estamos a um segundo por volta e, na corrida, a quatro ou cinco décimos e precisamos de um salto de qualidade para as próximas corridas”, afirmou Perez.

“O objetivo é ter um salto de qualidade para o GP da Espanha e que as melhoras que colocarmos no carro comecem a funcionar, que tenhamos um carro competitivo para começar a lutar pelas vitórias.”

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Pilotos Sergio Perez
Tipo de artigo Últimas notícias