"A quebra pune", diz Cacá, sobre a "nova Stock Car"

Regulamento que distribui mais pontos e valoriza regularidade faz com que carioca seja vice-líder mesmo com três vitórias

Cacá lidera pelotão em Londrina

Apenas um ponto separa Cacá Bueno de Daniel Serra na liderança do campeonato da Copa Caixa Stock Car. O que chega a ser algo curioso, se levarmos em conta o desempenho de Cacá neste ano.

"Após cinco provas, venci três e marquei um segundo lugar. Não sou líder por conta do problema em Curitiba. A quebra pune. Por isso, preciso subir ao pódio e me manter sempre no bolo", conta o carioca.
 
O tetracampeão vem sendo uma das "vítimas" do novo regulamento, que diminuiu a diferença de pontos entre os primeiros colocados ao fim de uma corrida, com o vencedor somando apenas dois a mais que o segundo colocado.
 
"Vamos rumo à liderança, mas o que importa é a liderança na última etapa. Hoje consigo mostrar que tenho carro para ganhar, mas com a última etapa valendo o dobro dos pontos, não posso deixar que a liderança fique longe, pois uma quebra pune muito", destaca.
 
"Se você quebrar na sétima ou oitava etapa, chega na última na base do desespero. O negócio é estar sempre perto para ter reais chances na última volta, essa é a estratégia. Estou pagando o preço pela quebra em Curitiba."
 
Por fim, Cacá Bueno aposta na força da equipe liderada por Andreas Mattheis para voltar a vencer em Jacarepaguá. "O Daniel [Serra] anda bem no Rio, ganhou no ano retrasado e eu levei no ano passado, em uma dobradinha com meu irmão quando ele ainda corria na nossa equipe. Acredito que temos uma forcinha extra lá."
Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Tipo de artigo Últimas notícias