"Acho que mostrei que sou um líder de equipe”, crê Van der Garde

Holandês afirma que negociações estão em aberto para a próxima temporada e vê potencial futuro na Caterham

Após a temporada de estreia na F-1 em 2013, o holandês Giedo van der Garde afirmou ter tido a certeza de que mostrou por que merece uma vaga na F-1 na temporada que vem. O piloto passou duas vezes para o Q2 em 2013 com o carro da Caterham, conseguindo um 14º no grid no GP da Bélgica. Para ele, sua performance foi além do esperado.

"Acho que mostrei que sou um líder de equipe, principalmente no segundo semestre do ano", disse Van der Garde ao site britânico GPUpdate.net. "A equipe está muito satisfeita comigo e com o progresso que eu fiz.”

"Vamos ver, nós estamos falando com eles também. Minha gestão está muito ocupada agora e espero que possamos ter boas notícias em breve."

O piloto vê no time malaio potencial para crescer com as mudanças de regulamento do próximo ano. "Eu sei que eles estão muito ocupados com o carro de 2014, e eu ouvi que os passos que estão fazendo são muito grandes.”

"Mas nós não sabemos o que as outras equipes estão fazendo. Nós vamos descobrir nos primeiros testes no próximo ano."

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Pilotos Giedo van der Garde
Tipo de artigo Últimas notícias