Acidente que levou Alonso ao hospital "foi estranho", diz Vettel

compartilhar
comentários
Acidente que levou Alonso ao hospital
Por:
22 de fev de 2015 10:32

Alemão estava logo atrás do espanhol quando o bicampeão perdeu o controle de sua McLaren; empresário nega desmaio

A manhã do último dia da segunda bateria de testes da pré-temporada em Barcelona, na Espanha, terminou mais cedo depois de um forte acidente com Fernando Alonso, da McLaren. Atendido pela ambulância na pista, o espanhol foi levado de helicóptero ao hospital mais próximo para passar por exames.

[publicidade] O acidente aconteceu 15 minutos antes do final da sessão matutina. Alonso perdeu o controle de sua McLaren ao final da curva 3, a mais rápida do circuito, e bateu no muro lateralmente.

Porém, as imagens do MP4-30 mostram poucos danos no carro, o que, combinado com a baixa velocidade da batida em si, levantou a suspeita de que o piloto teria perdido a consciência antes de se chocar com o muro. A informação foi desmentida pelo empresário do piloto, Luiz Garcia Abad. "Desmentimos que ele estivesse passando mal antes do acidente. O carro ganhou aderência, havia um vento tremendo e ele se chocou com o muro."

Horas depois, quando o teste havia recomeçado, Carlos Sainz também se acidentou na saída da curva 3 e chegou a ser levado ao Centro Médico. O espanhol também justificou ter perdido o controle de sua Toro Rosso após "um golpe de vento."

Sebastian Vettel, que vinha logo atrás do espanhol com sua Ferrari, testemunhou a batida. “A velocidade era baixa – talvez algo em torno de 150km/h. Então ele virou para a direita em direção ao muro. Foi muito estranho”, afirmou o alemão.

De acordo com a McLaren, Alonso “está bem, consciente e conversando com os médicos”. Porém, depois de ser atendido no Centro Médico do Circuito da Catalunha, foi encaminhado ao hospital para fazer "exames de precaução, como é de praxe nestas situações", ainda segundo a equipe inglesa. Horas depois, o time divulgou que os exames não apresentaram nenhum resultado anormal.

O chefe da McLaren, Eric Boullier, afirmou que "Fernando passou por um check-up. Tudo está bem e ele vai passar a noite em observação."

Até aquele momento, Alonso, que cederia o carro ao companheiro Jenson Button no período da tarde, tinha dado 20 voltas e ocupava a quinta colocação. Devido ao acidente, contudo, a McLaren decidiu encerrar seu teste.

O líder pela manhã foi outro espanhol, Carlos Sainz, com a Toro Rosso, seguido de Vettel, Nico Hulkenberg (com a Force India de 2014) e Nico Rosberg.  Também escalado para hoje, Felipe Nasr não marcou tempos pela manhã. A Sauber divulgou que tem problemas técnicos.

Esta é a penúltima sessão de testes de pré-temporada. Uma bateria de quatro dias será realizada também em Barcelona no final do mês de fevereiro. A temporada começa dia 15 de março, na Austrália.
Next article
Mesmo animado com ritmo da Sauber, Nasr segue mirando nos pontos

Previous article

Mesmo animado com ritmo da Sauber, Nasr segue mirando nos pontos

Next article

Grosjean lidera e Rosberg impressiona em dia marcado por batida de Alonso

Grosjean lidera e Rosberg impressiona em dia marcado por batida de Alonso
Load comments

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Autor Julianne Cerasoli