'Ainda bem que acabou', comemora Grosjean após ano decepcionante da Lotus

Piloto francês se mostrou aliviado com o final da temporada, já que a Lotus esteve longe de repetir o sucesso de 2013

Grosjean enfrentou dificuldades com a Lotus neste ano
Apenas dez pontos e a oitava colocação entre os construtores. A Lotus trabalhará a partir desta semana para apagar o péssimo desempenho no campeonato deste ano, encerrado no último domingo, em Abu Dhabi. 
 
[publicidade]A equipe, a fim de apagar o campeonato ruim, comemorou o final da competição. O sentimento é de alívio no paddock.
 
“Fizemos o melhor que pudemos. Minha corrida não foi o que esperava em Abu Dhabi, e ainda bem que acabou a temporada”, disse Romain Grosjean, que permanecerá na escuderia para o ano que vem.
 
Apesar do ano ruim, a Lotus entra em 2015 confiante em, no mínimo, repetir o ano de 2013, quando terminou o Mundial de Construtores no quarto lugar. A equipe encerrou a parceria com os motores Renault e terá a Mercedes como parceira para próxima temporada.
 
“Estou já pensando em testar o simulador. Teremos uma nova unidade de potência e a aerodinâmica mudará para o carro do próximo ano, então isso é uma grande evolução pensando no futuro. É tempo de descansar, recarregar as baterias e olhar para 2015”, encerrou.
 
Além de Romain Grosjean, a Lotus permanecerá também com Pastor Maldonado como piloto titular para 2015. 
 
Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Tipo de artigo Últimas notícias