Albon tem contrato com Nissan encerrado e fica próximo da F1

compartilhar
comentários
Albon tem contrato com Nissan encerrado e fica próximo da F1
Adam Cooper
Por: Adam Cooper
26 de nov de 2018 14:16

Piloto tailandês teve contrato com a equipe Nissan na Fórmula E retirado e está livre para entrar na Toro Rosso para 2019

Espera-se que Alexander Albon seja anunciado como piloto da Toro Rosso na Fórmula 1 em 2019 nos próximos dias, depois de que seu contrato com a Nissan na Fórmula E foi retirado. O time confirmou isso nesta segunda-feira via Twitter.

O piloto britânico/tailandês está agora legalmente livre de seus compromissos com a Nissan e, portanto, capaz de aproveitar a oportunidade da Toro Rosso.

 

Albon foi candidato a título na Fórmula 2 nesta temporada, embora tenha caído de segundo para terceiro nos pontos atrás de Lando Norris depois da corrida final no domingo em Abu Dhabi.

Ele está no topo da lista de pretendentes da Toro Rosso para sua segunda vaga em 2019, ao lado de Daniil Kvyat. No entanto, ele já havia se comprometido em ingressar na Nissan e.dams para a temporada 2018/19 F-E.

O consultor de automobilismo da Red Bull, Helmut Marko, recusou-se a confirmar que Albon será o piloto da Toro Rosso, mas admitiu que o piloto de 22 anos é melhor agora do que quando perdeu seu lugar no programa da Red Bull no final de 2012.

Ele seria o terceiro piloto consecutivo a conseguir que um assento da Toro Rosso após ter sido demitido pelo sistema da Red Bull, seguindo Brendon Hartley e Daniil Kvyat.

"Vamos ver, nada está resolvido", disse Marko ao Motorsport.com quando perguntado sobre Albon. "Ele é um dos candidatos que nós olhamos”.

"É o mesmo que Daniil. Ele é muito mais maduro, ele teve algumas boas corridas. Isso mostra que ele tem potencial."

Marko minimizou as sugestões de que o contrato de Albon com a Nissan já havia sido pago, sugerindo que o assunto estava nas mãos do piloto e não da Red Bull.

"Não temos contrato com a Nissan, é algo que ele precisa resolver", disse Marko.

O chefe da equipe Toro Rosso, Franz Tost, também insistiu que espera a decisão final do piloto, mas deixou claro que ficou impressionado com Albon em 2018.

Albon manteve a luta pelo título da F2 com o piloto da Williams, George Russell, em 2019, até a rodada final da temporada, quando seu carro parou na largada da corrida 1 e Russell conseguiu garantir o campeonato com uma vitória.

"Até onde eu sei, um contrato ainda não foi assinado e, assim que este for o caso, a Red Bull apresentará um anúncio", disse Tost.

"Albon é um dos candidatos, sim. Ele mostrou um desempenho muito bom durante o ano. Ele terminou entre os três primeiros, mas infelizmente Norris marcou mais pontos do que ele.”

"Ele teve azar porque seu motor parou na largada da corrida 1 por problemas de embreagem. Mas ele se recuperou na corrida. Se ele vai se tornar nosso piloto ou não, vamos ver."

Albon não poderá testar a Toro Rosso no teste Pirelli desta semana em Abu Dhabi, já que Kvyat retornará e o piloto de testes Sean Gelael terá por contrato um dia no carro.

Next article
Red Bull: pensávamos que Ricciardo venceria como na China

Previous article

Red Bull: pensávamos que Ricciardo venceria como na China

Next article

FIA ficou “surpresa” com infrações de Alonso ao fim da corrida

FIA ficou “surpresa” com infrações de Alonso ao fim da corrida
Load comments

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Pilotos Alexander Albon
Equipes Toro Rosso Shop Now
Autor Adam Cooper