"Alegria" de Senna com 14º lugar custou vaga na Lotus

compartilhar
comentários
Por: Bruno Vicaria
17 de fev de 2012 14:17

Gerard Lopez, co-proprietário da equipe francesa, se disse inconformado com felicidade de brasileiro ao largar da sétima fila na Índia

Bruno Senna em 2011

Em entrevista à revista alemã "Auto Motor und Sport", Gerard Lopez, co-proprietário da Lotus, relatou uma situação que contou para a não renovação com Bruno Senna.

Segundo o dirigente, o brasileiro estava muito feliz em largar no meio do grid no GP da Índia, quando o sentimento que devia imperar seria outro, o da inconformação.
 
"Me lembro, na Índia, que ele partiria da 14ª colocação no grid e ele estava contente. Eu pensava 'isso não pode acontecer'. Quando você está em 14º, você precisa estar enojado, imaginando o que foi errado", afirma.
 
No fim da temporada, Lopez deixou Senna sem vaga, e o brasileiro acertou com a Williams para 2012. Já a Lotus trouxe Kimi Raikkonen e Romain Grosjean de volta.
Próxima Fórmula 1 matéria
Nasr: "Talvez até o fim do ano eu consiga testar um Fórmula 1"

Previous article

Nasr: "Talvez até o fim do ano eu consiga testar um Fórmula 1"

Next article

Para Gerard Lopez, Petrov merecia "choque elétrico"

Para Gerard Lopez, Petrov merecia "choque elétrico"
Load comments

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Pilotos Bruno Senna
Autor Bruno Vicaria
Tipo de matéria Últimas notícias