Alemanha garante transmissão da F1 em TV aberta até 2020

Categoria fecha acordo com a RTL pelos próximos três campeonatos, com Nico Rosberg assumindo função de comentarista

A F1 prorrogou seu acordo de transmissão com a emissora alemã RTL para mostrar treinos livres, classificações e corridas na televisão aberta até 2020.

A RTL transmitirá as ações da F1 na pista pelas próximas três temporadas, estendendo o antigo acordo que era válido por dois anos. Ela transmite a categoria na Alemanha desde 1991, e, antes disso, entre 1984 e 1988.

Campeão da F1 no ano passado, Nico Rosberg, e o ex-piloto de Jordan e Toyota, Timo Glock, assumirão a função de comentarista, que era ocupada por Niki Lauda.

“A Alemanha é um dos países mais importantes para a F1, onde o automobilismo tem raízes profundas, e a RTL tem sido uma parceira fantástica e leal por muitos anos”, disse o diretor de direitos de mídia da F1, Ian Holmes.

“A extensão do acordo é uma consequência natural de tal relação forte e mutuamente frutífera. Isso garantirá que nossos fãs da Alemanha continuem assistindo a GPs de graça na TV.”

“O acordo é parte de nossa estratégia que almeja aumentar e reforçar a cobertura na TV em escala global, fazendo adaptações às características de cada mercado.”

Os números médios de audiência na Alemanha em 2017 registraram média de 4,2 milhões de espectadores por corrida, sendo que as transmissões ao vivo tiveram aumento de até 26% em comparação a 2016.

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Tipo de artigo Últimas notícias