Alonso admite que disputa com Vettel “não foi justa”

compartilhar
comentários
Alonso admite que disputa com Vettel “não foi justa”
Pablo Elizalde
Por: Pablo Elizalde
15 de abr de 2018 12:29

Espanhol diz que estranhou ver Ferrari em ritmo mas lento e explica que duelo teve interferência dos danos do carro do espanhol

Fernando Alonso, McLaren MCL33 Renault, leads Esteban Ocon, Force India VJM11 Mercedes
Romain Grosjean, Haas F1 Team VF-18 Ferrari, leads Fernando Alonso, McLaren MCL33 Renault
Fernando Alonso, McLaren MCL33 Renault, Stoffel Vandoorne, McLaren MCL33 Renault, and Brendon Hartley, Toro Rosso STR13 Honda
Max Verstappen, Red Bull Racing RB14 and Sebastian Vettel, Ferrari SF71H clash
Sebastian Vettel, Ferrari SF71H spins after clashing with Max Verstappen, Red Bull Racing RB14 as Lewis Hamilton, Mercedes-AMG F1 W09 EQ Power+ passes
Fernando Alonso, McLaren MCL33
Fernando Alonso, McLaren MCL33 Renault, makes a stop

Fernando Alonso admitiu que sua batalha com Sebastian Vettel no GP da China “não foi justa”, já que o piloto da Ferrari tinha danos em seu carro.

O espanhol conseguiu descontar uma diferença de seis segundos para Vettel nas voltas finais da corrida em Xangai e ultrapassar o rival por dentro para assumir o sétimo lugar.

Vettel havia perdido posições depois do toque que recebeu de Max Verstappen, sendo que havia danos visíveis no lado direito de seu assoalho.

Alonso reconheceu que a ultrapassagem não foi um reflexo justo do atual cenário de competitividade dos carros.

“Foi bom. Obviamente, não foi uma batalha justa, porque Sebastian tinha danos em seu carro e eu estava um pouco mais rápido nas curvas”, disse Alonso. 

“Eu fiquei surpreso quando vi uma Ferrari não sendo tão rápida no fim. Perguntei qual era o problema e aparentemente ele tinha dano em seu carro, então ele estava sofrendo um pouco nas curvas.”

“Ele estava indo reto nas curvas, então, na primeira oportunidade em que vi a porta aberta, fui para cima. No fim, em um momento, a pista acabou, então ele continuou indo até onde havia grama. Chega um momento em que você precisa recuar.”

Alonso, então, terminou a prova em sétimo, e é o sexto colocado no Mundial de Pilotos.

Confira os dez momentos mais marcantes do GP da China

 

Próxima Fórmula 1 matéria
Vettel “aprecia” pedido de desculpas imediato de Verstappen

Previous article

Vettel “aprecia” pedido de desculpas imediato de Verstappen

Next article

Dupla da Toro Rosso atribui acidente a "falha de comunicação"

Dupla da Toro Rosso atribui acidente a "falha de comunicação"