Alonso admite ter recebido oferta da Red Bull; equipe nega

compartilhar
comentários
Alonso admite ter recebido oferta da Red Bull; equipe nega
23 de ago de 2018 18:19

Fernando Alonso admitiu que rejeitou oferta da Red Bull para ser companheiro de Max Verstappen em 2019

Fernando Alonso, McLaren MCL33
Fernando Alonso, McLaren, in the drivers parade
Fernando Alonso, McLaren MCL33
An engineer helps Fernando Alonso, McLaren MCL33, strap in to his car
Fernando Alonso, McLaren birthday celebration
Fernando Alonso, McLaren MCL33
Fernando Alonso, McLaren MCL33, leads Stoffel Vandoorne, McLaren MCL33
Fernando Alonso, McLaren

O mercado de pilotos da Fórmula 1 para 2019 ferveu após o GP da Hungria, o último antes das férias de verão europeu. Primeiro foi Daniel Ricciardo que deixou a Red Bull após cinco temporadas com a equipe para começar um novo desafio na Renault. Isso deixou Carlos Sainz sem um assento, que, no entanto, já estava negociando com a McLaren "há um ano". Mas foi Fernando Alonso quem agitou o vespeiro em 14 de agosto com o anúncio de sua saída da categoria após o fim da temporada de 2018.

Dois dias depois, Sainz e McLaren tornaram oficial o acordo oficial para 2019 e quatro dias depois, a Red Bull anunciou Pierre Gasly como substituto de Daniel Ricciardo e parceiro de Max Verstappen para a próxima temporada.

De volta à ação neste fim de semana na Bélgica, depois de vencer as 6 horas de Silverstone com a Toyota no último domingo, antes de ambos os protótipos japoneses serem desclassificados, Alonso lançou outra bomba aos microfones da televisão britânica Sky.

Leia também:

Perguntado se ele era bom demais para qualquer uma das três equipes (Mercedes, Ferrari e Red Bull), o espanhol respondeu: "Não, eu não acho. Uma dessas três equipes que você mencionou agora recebeu ofertas de uma dupla este ano. Mas não teria sentido para mim participar desta aventura na F1 atual... não me dá os desafios que eu estou procurando no momento. Fora daqui eu estou descobrindo diferentes categorias de automobilismo que te dão diferentes desafios e isso faz de você um piloto mais completo, e é isso que eu quero encontrar em 2019."

Perguntado se foi a Red Bull que lhe ofereceu o assento recentemente desocupado por Ricciardo, a resposta de Alonso foi esmagadora... e com um meio sorriso: "Sim".

Nesta quinta-feira, quando abordado pelo Motorsport.com sobre a afirmação de Alonso, um porta-voz da Red Bull disse que a equipe não fez oferta a Alonso.

A situação é mais do que curiosa, já que foi Christian Horner, chefe da equipe Red Bull, que há algumas semanas disse que assinar com espanhol não era "saudável" para o seu time.

"Eu tenho grande respeito por Fernando, ele é um piloto fantástico, mas seria muito difícil trazê-lo", disse Horner. "Tende a causar um pouco de caos onde quer que ele vá. Não tenho certeza de que era o mais saudável para a equipe ter Fernando se juntando a nós."

"Nossa preferência é continuar a investir na juventude, em vez de fazermos com um piloto que está, obviamente, se aproximando do fim de sua carreira."

 

Próxima Fórmula 1 matéria
MUNDIAL: Com exclusão da Force India, McLaren sobe para 6º

Previous article

MUNDIAL: Com exclusão da Force India, McLaren sobe para 6º

Next article

Hulkenberg deve largar do fim do grid no GP da Bélgica

Hulkenberg deve largar do fim do grid no GP da Bélgica
Load comments