Alonso aguenta pressão de Vettel e Button para vencer na Alemanha

compartilhar
comentários
Alonso aguenta pressão de Vettel e Button para vencer na Alemanha
Por: Julianne Cerasoli
22 de jul de 2012 10:39

Espanhol não teve sossego por grande parte da prova, mas conquistou 3ª vitória e aumentou vantagem no campeonato

Fernando Alonso tornou-se o primeiro piloto a conquistar três vitórias na atual temporada da F-1. O espanhol, único a pontuar em todas as provas até aqui, aumentou sua vantagem na liderança do campeonato para 34 pontos em relação a Mark Webber ao aguentar a pressão de Sebastian Vettel e Jenson Button e levar o GP da Alemanha. O alemão cruzou a linha de chegada em segundo, mas foi punido com o acréscimo de 20s em seu tempo final pela ultrapassagem sobre o inglês na penúltima volta e terminou em quinto.

Os brasileiros tiveram corridas apagadas após problemas na primeira volta. Felipe Massa terminou em 12º e Bruno Senna foi o 17º.

Alonso escapou na ponta, enquanto Schumacher e Vettel lutavam pela segunda posição. O atual bicampeão do mundo conseguiu permanecer à frente. Os dois brasileiros tiveram problemas na primeira volta, com Massa perdendo o bico do carro após toque com Ricciardo na freada para a primeira curva e Bruno Senna também terminando o primeiro giro no box para trocar pneus após uma escapada.

Com muitos detritos na pista, Lewis Hamilton teve um pneu furado e caiu para o fim do grid, assim como Grosjean, que também escapou na primeira volta. Assim, no início da prova, Massa, Hamilton, Grosjean e Senna eram os últimos colocados, com pneus médios, ao contrário dos ponteiros.

Nas voltas iniciais, as Force India perderam terreno, com Di Resta sendo ultrapassado por Raikkonen e Perez e Hulkenberg perdendo a quarto lugar para Button, que voltas depois passou Schumacher. Lento, Di Resta foi o primeiro dos ponteiros a colocar pneus médios. Raikkonen logo o seguiu, na 12ª volta, colocando macios. A parada do finlandês provocou a reação dos pilotos que vinham atrás, mas seus rivais colocaram os médios. Outro que seguiu com os macios entre os primeiros foi Schumacher.

O líder Alonso parou na volta 19, e Vettel seguiu na pista até a volta seguinte, vendo a vantagem do espanhol aumentar para 3s3. Quem aproveitou o primeiro stint e o início do segundo foi Kimi Raikkonen, que na volta 22 passou Schumacher para ser quinto, sendo que tinha à frente Kobayashi, então quarto, que largara com pneus médios. Enquanto isso, Jenson Button, terceiro a 6s3 de Alonso, ouvia da equipe que tinha ritmo para vencer a corrida.

Quem vinha numa excelente prova era Perez, que largara em 17º e já ocupava a sétima colocação. Lá na frente, Vettel tirou em poucas voltas a diferença em relação a Alonso após ambos colocarem os pneus médios e encostou no 29º giro. Outro que chegou rápido foi Button, a 2s8 na volta 33. Enquanto isso, Raikkonen e Schumacher, com macios, perderam terreno.

Vettel estava a 1s de Alonso quando uma situação inusitada aconteceu: Hamilton, após sua segunda parada, voltou atrás de Vettel, porém, mais rápido, ultrapassou o alemão, que, pouco tempo depois, foi avisado pela Red Bull de que tinha um problema no Kers.

Com Hamilton, retardatário, indo para cima do líder Alonso, Button fez sua parada tentando lucrar com o fato do espanhol estar lutando com seu companheiro. Na volta seguinte, Alonso e Vettel responderam, mas o alemão perdeu a segunda posição para Button.

Os três voltaram à pista com Button sendo o mais rápido e chegando em Alonso. Com todas as paradas feitas, Alonso liderava, seguido por Button, Vettel, Raikkonen, Schumacher, Kobayashi, Perez, Hulkenberg, Rosberg e Webber. Massa fez um ótimo primeiro stint e ocupava a 12º posição quando fez sua terceira parada, enquanto Bruno Senna, assim como Romain Grosjean, ficou preso entre as equipes nanicas por toda a prova.

O desgaste de pneus começou a se tornar decisivo. Tanto, que Michael Schumacher teve de fazer uma terceira parada com 15 voltas para o final. Mas, na ponta, ninguém parou. Button chegou a ficar a 0s6 de Alonso, mas o espanhol usou bem a DRS quando tinha retardatários à frente e conseguiu abrir. O inglês passou a perder rendimento nas últimas voltas e ficou na mira de Vettel. O alemão fez a ultrapassagem com duas voltas para o final, mas os comissários entenderam que a manobra foi ilegal pelo fato do piloto da Red Bull estar com as quatro rodas para fora da pista quando superou o piloto da McLaren

Com os 20s acrescidos ao tempo de Vettel, Button é o segundo e Kimi Raikkonen se tornou terceiro, roubando a quarta posição de Lewis Hamilton, que abandonou, no campeonato. O finalndês foi seguido por Kobayashi, Perez, Schumacher, Webber, Hulkenberg e Rosberg.

Confira o resultado completo da prova:

 1º Fernando Alonso (ESP/Ferrari) - 1h31:05.862
 2º Jenson Button (ING/McLaren-Mercedes) a 6.949s
 3º Kimi Raikkonen (FIN/Lotus-Renault) a 16.409s
 4º Kamui Kobayashi (JAP/Sauber-Ferrari) a 21.925s
 5º Sebastian Vettel (ALE/Red Bull-Renault) a 23.732s (punição)
 6º Sergio Perez (MEX/Sauber-Ferrari) a 27.896s
 7º Michael Schumacher (ALE/Mercedes) a 28.960s
 8º Mark Webber (AUS/Red Bull-Renault) a 46.900s
 9º Nico Hulkenberg (ALE/Force India-Mercedes) a 48.100s
10º Nico Rosberg (ALE/Mercedes) a 48.800s
11º Paul di Resta (ESC/Force India-Mercedes) a 59.200s
12º Felipe Massa (BRA/Ferrari) a 1:11.400s
13º Daniel Ricciardo (AUS/Toro Rosso-Ferrari) a 1:16.800s
14º Jean-Eric Vergne (FRA/Toro Rosso-Ferrari) a 1:16.900s
15º Pastor Maldonado (VEN/Williams-Renault) a 1 volta
16º Vitaly Petrov (RUS/Caterham-Renault) a 1 volta
17º Bruno Senna (BRA/Williams-Renault) a 1 volta
18º Romain Grosjean (FRA/Lotus-Renault) a 1 volta
19º Heikki Kovalainen (FIN/Caterham-Renault) a 2 voltas
20º Charles Pic (FRA/Marussia-Cosworth) a 2 voltas
21º Pedro de la Rosa (ESP/HRT-Cosworth) a 3 voltas
22º Timo Glock (ALE/Marussia-Cosworth) a 3 voltas
23º Narain Karthikeyan (IND/HRT-Cosworth) a 3 voltas
 
Abandonou
Lewis Hamilton (ING/McLaren-Mercedes) a 11 voltas
 
Volta mais rápida: Michael Schumacher (ALE/Mercedes), 1:18.275
 
Próxima Fórmula 1 matéria
Mapas de motor da Red Bull são liberados pelos comissários

Previous article

Mapas de motor da Red Bull são liberados pelos comissários

Next article

Segundo, Button destaca corrida divertida e diz que forçou demais

Segundo, Button destaca corrida divertida e diz que forçou demais
Load comments

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Evento GP da Alemanha
Autor Julianne Cerasoli
Tipo de matéria Últimas notícias