Alonso bate, vai ao posto médico, mas passa bem (veja vídeo)

Fernando Alonso é acertado em acidente na primeira volta do GP da Áustria e abandona pela quarta corrida consecutiva, a maior sequência de sua carreira.

Que a McLaren não vive um bom ano, com problemas de performance em seus motores e confiabilidade, todos já sabem. Além disso, a falta de sorte entrou em cena no GP da Áustria neste domingo. Logo na primeira volta, o espanhol foi acertado pela Ferrari de Kimi Raikkonen e ambos tiveram que abandonar.

Foi o quarto abandono consecutivo de Fernando Alonso no ano. Desde que estreou na Fórmula 1, em 2001, é a maior sequência de retiradas do competidor da McLaren.

O finlandês foi ouvido pelos repórteres: "Não sei exatamente o que aconteceu. É difícil de dizer."

Após sair do centro médico, o piloto espanhol se justificou: "Ele perdeu o controle sozinho, não pude evitá-lo. Estava no lugar errado. Obviamente foi um pouco assustador."

Confira as imagens:

 

 

As imagens soaram fortes para os pilotos. O companheiro de equipe de Alonso, Jenson Button chegou a perguntar via rádio sobre o estado de saúde do bicampeão: "Fernando está OK?", indagou Button, antes de também ser obrigado a abandonar.

O colega de Alonso tem motivos para se preocupar. No início do ano, ele se envolveu num misterioso acidente, em que as condições de saúde de Fernando não foram totalmente explicadas.

A direção de prova ficou de investigar o acidente e seus responsáveis após aprova, para o caso de punições. Minutos depois da bandeira quadriculada, ficou decidido que ninguém seria penalizado.

 

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP da Áustria
Sub-evento Domingo corrida
Pista Red Bull Ring
Pilotos Kimi Raikkonen , Fernando Alonso
Tipo de artigo Últimas notícias