Alonso: colegas da F1 não seguirão meus passos no endurance

Espanhol acredita que visão diferente do automobilismo europeu impede que outros pilotos conciliem provas distintas com a temporada regular

Fernando Alonso considera ser improvável que um grande número de seus colegas na F1 sigam seus passos e conciliem a principal categoria do planeta com provas de endurance ao longo do ano.

O espanhol participará das 24 Horas de Daytona, no fim do mês, de olho em uma possível presença na tradicional corrida de longa duração em Le Mans.

Alonso acredita que, por uma questão de mentalidade, muitos de seus parceiros na F1 evitarão distrações durante a temporada.

“Eu acho que não. Já há um que correrá conosco neste fim de semana, Lance Stroll. Eu vejo apenas ele fazendo isso, talvez porque ele também adora corridas e é do Canadá, então essas corridas em campeonatos americanos são parte de sua cultura”, opinou.

“Os outros caras, duvido, porque na Europa nós normalmente focamos tudo em um único campeonato. As equipes se tornaram mais e mais profissionais. Há muitos períodos de treinamento, muita preparação, muito tempo de simulador antes dos testes da F1 começarem. Não é fácil para um piloto sair deste conceito.”

“Eu posso fazer isso porque Zak Brown e a McLaren possuem talvez uma visão diferente, um pouco mais ampla do automobilismo, e eu compartilho desta visão. Estamos expandindo a marca da McLaren no automobilismo e tentaremos fazer isso juntos.”

“Para outros pilotos da F1, será difícil ter essa visão”, completou.

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Tipo de artigo Últimas notícias