Alonso conquista pole debaixo de chuva em Silverstone

Treino ficou interrompido por mais de 90 minutos devido à água; Webber é segundo e Schumacher larga em terceiro

Alonso chegou perto de bater ainda no Q1

Fernando Alonso esteve seriamente ameaçado de ficar fora dos 10 melhores colocados ainda no Q2, mas conseguiu conquistar sua primeira pole após 31 GPs – desde o GP de Cingapura de 2010 o espanhol não largava na ponta. Em uma classificação marcada pela chuva e por uma interrupção de mais de 90min, Mark Webber ficou em segundo, à frente de Michael Schumacher. Felipe Massa larga em quinto no GP da Grã-Bretanha e Bruno Senna sai em 13º.

Q1

A classificação começou no melhor estilo hora do rush, com todos os pilotos dando várias voltas em sequência, pois a expectativa era de que a chuva apertasse já no final da primeira parte da classificação. A água prometida não veio e o asfalto até começou a secar em alguns trechos da pista.

Alguns pilotos, como a dupla da Sauber, arriscaram colocar pneus para pista seca, mas as condições ainda não permitiam a aposta.

Quem viveu um drama foi Jenson Button, que ficou a sessão inteira na zona dos eliminados no Q1. Colocou um novo jogo de pneus intermediários para sua última tentativa e vinha melhorando seu tempo. Teve de tirar o pé no último setor, pois a Marusssia de Timo Glock estava parada na reta – ele havia perdido o controle do carro e teve de estacionar.

A bandeira amarela salvou Nico Rosberg, que ocupava a 17º colocação e seria eliminado caso Button melhorasse. Junto do inglês, ficaram na primeira parte da classificação Petrov, Kovalainen, Glock, De la Rosa, Karthikeyan e Pic.

Q2

A água caiu de vez no início da segunda parte da classificação e a maioria dos pilotos foi à pista com pneus de chuva. Apenas as Ferrari e as Williams optaram pelos intermediários e tiveram de voltar aos boxes antes mesmo de abrir uma volta rápida.

A decisão custou caro e ambos os pilotos do time italiano tiveram escapadas na pista e não conseguiram marcar tempos competitivos, assim como Michael Schumacher. Com muita água no asfalto, a sessão foi interrompida com 6min19 para o final do Q2.

O treino ficou interrompido por pouco mais de 90 minutos, tempo no qual a Lotus tentou consertar o Kers do carro de Raikkonen, sem sucesso. Na volta, todos os pilotos retornaram à pista, a maioria com pneus para asfalto molhado. As Sauber e o finlandês arriscaram sair com intermediários e logo tiveram de trocar os pneus. Apenas Perez não o fez e caiu do primeiro tempo que tinha antes da interrupção para o 17º lugar. O mexicano, no entanto, largará em 15º pelas punições a Kamui Kobayashi e Jean-Eric Vergne por colisões em Valência.

A pista se mostrou mais rápida do que na primeira parte do Q2 e todos começaram a melhorar seus tempos. Nos últimos emocionantes minutos, com todos os pilotos melhorando suas voltas, o líder do campeonato Alonso e o terceiro colocado Sebastian Vettel ficaram com as duas últimas posições que lhes garantiram no Q3.

Uma bandeira amarela provocada por Romain Grosjean, que se classificou entre os 10, mas ficou na brita e não voltou para o Q3, atrapalhou o último setor de vários pilotos em sua tentativa final. Paul Di Resta foi o 11º, seguido por Kobayashi, Rosberg, Ricciardo, Senna, Vergne e Perez, sem as punições contabilizadas.

Q3

Com Button e Rosberg ficando pelo caminho, as duplas de Red Bull, Ferrari e Lotus receberam a companhia de Schumacher, Hulkenberg, Maldonado e Hamilton. Em um treino diferente, todos, menos Grosjean, foram à pista com os pneus intermediários para darem uma sequência de voltas. Quem colocou os pneus de chuva, como Hamilton e Schumacher, logo voltou para os boxes e efetuou a troca.

As Ferrari se revezaram na luta pela pole até que Mark Webber roubou a pole provisória. A briga, então, ficou entre o australiano e Alonso, que conquistou sua 21ª pole da carreira, com o piloto da Red Bull em segundo e Michael Schumacher em terceiro. Felipe Massa ficou em quinto.

Grid de largada para o GP da Grã-Bretanha:
1º) Fernando Alonso, (ESP/Ferrari) - 1min51s746
2º) Mark Webber, (AUS/Red Bull) - 1min51s793
3º) Michael Schumacher, (ALE/Mercedes) - 1min52s02
4º) Sebastian Vettel, (ALE/Red Bull) - 1min52s199
5º) Felipe Massa, (BRA/Ferrari) - 1min53s065
6º) Kimi Raikkonen, (FIN/Lotus) - 1min53s29
7º) Pastor Maldonado, (MAL/Williams) - 1min53s539
8º) Lewis Hamilton, (GBR/McLaren) - 1min53s543
9º) Romain Grosjean, (FRA/Lotus) - sem tempo
10º) Paul di Resta (GBR/Force India) -1min57s009
11º) Nico Rosberg, (ALE/Mercedes) - 1min57s108
12º) Daniel Ricciardo, (AUS/Toro Rosso) - 1min57s132
13º) Bruno Senna, (BRA/Williams) - 1min57s426
14º) Nico Hulkenberg, (ALE/Force India) - 1min54s382 - Punido
15º) Sergio Perez, (MEX/Sauber) - 1min57s895
16º) Jenson Button, (GBR/McLaren) - 1min48s044
17º) Kamui Kobayashi, (JAP/Sauber) - 1min57s071 - Punido
18º) Vitaly Petrov, (RUS/Caterham) - 1min49s027
19º) Heikki Kovalainen, (FIN/Caterham) - 1min49s477
20º) Timo Glock, (ALE/Marussia) - 1min51s618
21º) Pedro de la Rosa, (ESP/HRT) - 1min52s742
22º) Narain Karthikeyan, (IND/HRT) - 1min53s04
23º) Jean-Eric Vergne, (FRA/Toro Rosso) - 1min57s719 - Punido
24º) Charles Pic, (FRA/Marussia) - 1min54s143 - Punido

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP da Grã-Bretanha
Pista Silverstone
Tipo de artigo Últimas notícias