Alonso crê que 2015 foi "complicado", mas "necessário"

Fernando Alonso diz que temporada complicada no retorno à McLaren foi passo necessário para retomar motivação de brigar pelo título novamente

Após cinco temporadas na Ferrari, Fernando Alonso retornou à McLaren, equipe pela qual passou em 2007. Se naquele ano o espanhol brigou pelo título da temporada, em 2015 a situação tem sido bem diferente, com o pacote McLaren-Honda tendo se mostrado lento e pouco confiável.

Restando apenas o GP de Abu Dhabi para o fim da temporada, Alonso é o 16º no Mundial de Pilotos, com apenas 11 pontos, tendo figurado na zona de pontuação em apenas duas oportunidades em 19 corridas.

Embora reconheça que a temporada tem sido frustrante, Alonso ressalta que a mudança para a McLaren se justifica porque ele precisava de uma nova motivação. Além disso, o asturiano insiste que segue acreditando no projeto, apensar do fraco 2015 da McLaren-Honda.

"Foi um ano complicado. Sofremos com a falta de ritmo e de confiabilidade durante todo o campeonato, então foi uma temporada pesada para nós. Do ponto de vista pessoal, creio foi algo necessário, um passo para evoluir em minha carreira após dois títulos e cinco temporadas brigando por outras taças", disse.

"Eu preciso estar motivado e em um novo projeto, no qual eu confio e acredito. É o único jeito de me sagrar campeão novamente e após uma temporada complicada eu aprendi bastante. Gosto de trabalhar com a McLaren e com a Honda, da disciplina japonesa e da cultura da equipe", afirmou. 

"Permaneço confiante e muito feliz, ansioso para que a próxima temporada seja mais positiva do que essa, que foi complicada em termos de resultados".

Impossível prever o que será de 2016

Apesar de toda a fé no projeto McLaren-Honda, Alonso admite que é impossível prever o que o time será capaz de fazer na próxima temporada. 

"Creio que para 2016 o principal objetivo da equipe é voltar ao lugar que pertencemos, sendo competitivos e brigando pelas primeiras posições. Não sei se isso significará brigar pelo título, não sei se isso significará brigar por vitórias ou apenas por pódios", disse.

"É sempre difícil cravar algo em um mundo tão complexo como a F1. Temos muitos desafios pela frente durante o inverno, quando verei tudo o que fizemos nos últimos meses. Parece-me lógico e positivo que a próxima temporada será diferente. Estou feliz com o foco (na busca por melhorias", completou. 

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento Abu Dhabi GP
Pista Yas Marina Circuit
Pilotos Fernando Alonso
Equipes McLaren
Tipo de artigo Últimas notícias