Alonso critica FIA: “Deveriam estar tomando cerveja”

compartilhar
comentários
Alonso critica FIA: “Deveriam estar tomando cerveja”
3 de set de 2017 14:22

Espanhol não escondeu sua insatisfação com punição aplicada a Palmer durante disputa de posição no GP da Itália

Fernando Alonso, McLaren MCL32, sits in his cockpit
Fernando Alonso, McLaren MCL32
Fernando Alonso, McLaren MCL32
Fernando Alonso, McLaren MCL32, Romain Grosjean, Haas F1 Team Team VF-17
Fernando Alonso, McLaren MCL32, Romain Grosjean, Haas F1 Team VF-17, Jolyon Palmer, Renault Sport F1 Team RS17
Fernando Alonso, McLaren MCL32
Fernando Alonso, McLaren, waves to fans
Fernando Alonso, McLaren fans selfie

Fernando Alonso criticou a postura da direção de prova da F1 pela forma com que lidaram com a disputa por posição entre ele e Jolyon Palmer durante o GP da Itália, alfinetando ao dizer que os comissários deveriam estar “tomando uma cerveja” no momento.

Alonso tentou ultrapassar o piloto da Renault durante a prova, mas o inglês cortou uma chicane e retornou à frente do espanhol. O piloto da McLaren se queixou da demora por uma decisão da FIA, e se mostrou ainda mais irritado ao descobrir que Palmer receberia apenas uma punição de 5s.

Para Alonso, tratava-se de um lance de simples avaliação. “Quando chegamos na chicane, estávamos lado a lado. Freamos tarde e eu consegui contornar a chicane, mas ele não. E ele voltou e ficou à minha frente”, descreveu.

“Normalmente, isso é algo que é muito claro nas regras: quando dois carros chegam lado a lado em uma curva e um a contorna e outro não, você dá a posição de volta. Mas, nesse momento, a FIA deveria estar tomando uma cerveja”, alfinetou.

Alonso afirmou que a situação ficou ainda mais grave com os problemas mecânicos que enfrentava durante a corrida. “Perto da volta 5 ou 6, estávamos perdendo 1s5 por volta, então foi uma corrida complicada. Depois você perde 10s, e os problemas que tínhamos com câmbio por causa do calor e por ter Jolyon à frente por mais três ou quatro voltas... Se encostar com a mão na bola é uma falta, deveria sempre ser uma falta”, completou.

Alonso abandonou a prova a poucas voltas no fim. Antes, quando descobriu que Palmer também havia abandonado, ironizou pelo rádio: “Carma.”

Próxima Fórmula 1 matéria

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Evento GP da Itália
Localização Autodromo Nazionale Monza
Tipo de matéria Últimas notícias