Alonso é um piloto “diferente” em 2018, diz McLaren

Fernando Alonso é um piloto de F1 “diferente” antes do início da temporada de 2018, afirmou o diretor esportivo da McLaren, Eric Boullier.

A McLaren utilizará motores Renault neste ano depois de três temporadas complicadas com a Honda, e Boullier disse que Alonso se sente revigorado com a mudança.

O bicampeão marcou apenas 82 pontos nas últimas três temporadas, sendo que teve dois quintos lugares como melhores resultados desde que voltou à McLaren.

Boullier disse ao Motorsport.com que “os pilotos, especialmente Fernando, não perderão uma oportunidade para nos dizer onde estamos errados”.

Ele disse: “Olhe para ele, é um Fernando diferente neste ano. Você pode vê-lo aqui [na pista, durante os testes de pré-temporada] antes do horário de almoço quando não é seu dia de pilotar.”

“Eu lembro de que, no ano passado, ele chegava às 19h. [Neste ano] Ele está aqui antes do almoço.”

Boullier acrescentou: “Ele está feliz, sim. Ele é um competidor, então ele quer o melhor do melhor e quer mais, sempre.”

“Alonso está em uma mentalidade diferente neste ano. Ele está passando muito mais tempo aqui, mesmo quando não está guiando o carro, então ele está bem interessado e apoiando o que estamos fazendo.”

A McLaren provocou cinco bandeiras vermelhas durante a pré-temporada e deu 599 voltas, o menor número entre todas as equipes.

A equipe deixou Barcelona com um ponto positivo depois de Alonso registrar o terceiro melhor tempo nos testes. Além disso, apesar das dificuldades, a McLaren completou mais voltas durante as duas semanas, que foram atrapalhadas pelo mau tempo, do que obteve no ano passado ao lado da Honda.

Boullier disse que o “grande impulso” no moral da equipe ficou evidente durante os testes.

“Você sabe que tem um motor capaz de vencer corridas na traseira do carro. Então, você pode não ser o melhor do pitlane, mas ainda assim é bom o bastante para lutar por pódios e por vitórias.”

“Claramente há um grande impulso no moral da equipe, um pouco de empolgação.”

“Devo dizer que fiquei impressionado com os últimos três anos. A McLaren mantinha a motivação, tentava ter o melhor carro, e a mudança é um grande impulso.”

“Precisamos reiniciar um pouco a mentalidade para encontrar performance no carro, na equipe, na operação, o que nós perdemos um pouco.”

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Pilotos Fernando Alonso
Equipes McLaren
Tipo de artigo Últimas notícias