Alonso ironiza Ferrari: “não estão melhores que na minha época”

Se classificando em 17º e tomando punição por trocar motor, Alonso volta a alfinetar ex-time que colocou hoje seus carros no top-3

Ficando no Q1, Fernando Alonso não perdeu a oportunidade de atacar sua antiga equipe Ferrari no GP da Itália. Para ele, o time, que colocou Raikkonen em segundo e Vettel em terceiro, não está fazendo nada de mais. Pelo contrário, está pior do que era na sua época.

Perguntado se a Ferrari foi bem hoje, o espanhol respondeu: "Ir bem é relativo dependendo de com quem você compara".

"Comparando a nós, acho que eles estão indo muito bem. Mas em comparação ao que fizemos nos cinco anos em que estive lá, eles não estão melhores.”

"Nós estávamos liderando o campeonato há alguns anos aqui em Monza. Agora eles são terceiro (sic, na verdade o time é segundo), 100 pontos atrás da Mercedes."

"Parabéns para eles, mas acho que a Ferrari não deveria estar feliz sendo terceira e 100 pontos atrás da Mercedes."

Falta de energia

Alonso ficou em 17º lugar hoje. Ele admitiu que o mau desempenho se deve exclusivamente à falta de energia do motor Honda.

"Há muitas coisas que temos de trabalhar, muitas áreas que precisamos melhorar, mas em um circuito que tem seis curvas, perdemos dois ou três décimos em todas. O resto dos três segundos você vai encontrar nas retas", disse Alonso.

"E na reta todos nós estamos acelerando tudo e com o volante reto. Não há muito o que possamos fazer. Há uma falta de potência importante, ainda mais em circuitos como este."

"Não importaria se tivéssemos alcançado Q2, porque não teríamos saído dos pits. Não teríamos pneus. Por isso, foi como em Spa: fizemos uma volta no Q1 e depois testamos o carro para a corrida."

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP da Itália
Pista Monza
Pilotos Fernando Alonso
Equipes Ferrari , McLaren
Tipo de artigo Últimas notícias