Alonso: McLaren tentará uma "filosofia diferente" em Baku

compartilhar
comentários
Alonso: McLaren tentará uma
Por: Scott Mitchell
26 de abr de 2018 17:43

Segundo espanhol, equipe mudará abordagem nos treinos do GP do Azerbaijão para tentar reduzir déficit de velocidade

Fernando Alonso, McLaren MCL33 Renault
Fernando Alonso, McLaren MCL33 Renault
Fernando Alonso, McLaren
Fernando Alonso, McLaren
McLaren MCL33 nose and front wing
McLaren MCL33 in the garage

Apesar de mudar para os motores Renault, a McLaren teve a pior velocidade na classificação na Austrália e no Bahrein neste ano, apesar de ter se saído melhor na China.

No ano passado, a McLaren teve um déficit de velocidade máxima de 15 km/h para o carro mais rápido de Baku, e ambos os pilotos não conseguiram passar pelo Q1 na classificação.

"Aqui foi um GP difícil para nós nos últimos anos", disse Fernando Alonso. "Tivemos algumas limitações de potência.”

"Parece que este ano ainda temos um carro bastante lento nas retas, mas esperamos que aqui possamos melhorar isso.”

"Teremos uma filosofia diferente, um teste diferente, para fazer na sexta-feira para ganhar velocidade extra e, com sorte, podemos minimizar esse déficit.”

"Não estivemos no Q3 até agora este ano e acho que será difícil novamente, mas esperamos estar um pouco mais perto."

Baku representa um desafio único para as equipes, porque a reta inicial, a mais longa da F1, significa que eles também precisam de uma alta velocidade máxima.

Alonso disse que qualquer experimento feito na sexta-feira foi uma reação às necessidades específicas do circuito, mas disse que também seria bom para corridas como Canadá, onde a velocidade na reta também é mais significativa.

"Existem partes muito diferentes dos circuitos aqui. O que você faz em uma parte será muito ruim para as outras partes da pista. Precisamos pensar cuidadosamente sobre isso, amanhã é apenas um dia de teste, então vamos testar soluções diferentes.”

"Durante a noite cabe a nós equilibrar todas essas soluções e tomar uma decisão.”

"De certa forma em uma situação de corrida, não há muitas manobras de ultrapassagem na parte lenta do circuito porque é um circuito de rua estreito, então normalmente aqui para ser mais rápido nas retas seria uma situação vencedora."

Os números do GP do Azerbaijão

 

Próxima Fórmula 1 matéria
Análise: As asas traseiras de Mercedes e Ferrari em Baku

Previous article

Análise: As asas traseiras de Mercedes e Ferrari em Baku

Next article

Cinco coisas que estarão em jogo no GP do Azerbaijão de F1

Cinco coisas que estarão em jogo no GP do Azerbaijão de F1
Load comments

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Evento GP do Azerbaijão
Localização Baku City Circuit
Pilotos Fernando Alonso Shop Now
Equipes McLaren Shop Now
Autor Scott Mitchell
Tipo de matéria Últimas notícias