Alonso não sabe explicar passo atrás da McLaren no Canadá

compartilhar
comentários
Alonso não sabe explicar passo atrás da McLaren no Canadá
9 de jun de 2018 20:45

Em seu 300º GP, Fernando Alonso vai largar em 14º após uma classificação que mostrou as deficiências do McLaren MCL33

Fernando Alonso, McLaren MCL33
Fernando Alonso, McLaren MCL33
Fernando Alonso, McLaren MCL33
Fernando Alonso, McLaren MCL33
Fernando Alonso, McLaren MCL33
Fernando Alonso, McLaren MCL33
Fernando Alonso, McLaren MCL33

Após terminar a sexta-feira de treinos livres entre os dez mais rápidos, Fernando Alonso demonstrava estar satisfeito.

No entanto, o trino livre do sábado evidenciou que a McLaren não estava no ritmo de seus rivais e, no Q1, tanto ele quanto Stoffel Vandoorne sofreram para avançar à segunda sessão. Eles caíram no Q2, ambos atrás de Charles Leclerc, da Sauber, e Brendon Hartley, da Toro Rosso.

Quando perguntado o que mudou de um dia para o outro, Alonso não conseguiu dar uma resposta. "Nós perdemos competitividade", lamentou para os microfones da Movistar + F1.

"Tanto no TL3 e na classificação não estávamos indo tão rápidos quanto nos TL1 e TL2. O carro estava bom, como na sexta-feira. Não fizemos grandes mudanças, nem tivemos grandes problemas, mas não fomos rápidos o suficiente. É difícil explicar."

As boas sensações do primeiro dia significaram que a McLaren não precisou fazer muitos ajustes. No entanto, eles recuaram

"No carro, estávamos indo confortáveis na sexta-feira, não fizemos quase nenhuma mudança durante a noite e pela manhã se comportou igual. Nem melhor, nem pior, o carro era o mesmo, mas quando cruzava a linha de chegada e olhava o tempo, sempre faltava algum décimo."

"Nós perdemos competitividade, vamos estudar onde e como, e ver se a corrida pode ser recuperada".

Confira o guia do circuito do Canadá 

Próxima Fórmula 1 matéria

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Evento GP do Canadá
Localização Circuit Gilles-Villeneuve
Pilotos Fernando Alonso
Tipo de matéria Últimas notícias