Alonso nega que tenha dado ultimato à McLaren

Espanhol diz que não colocou permanência na equipe na condição de saída da Honda

O futuro de Fernando Alonso na F1 ainda é fruto de incertezas e especulações. O último rumor é de que o piloto espanhol teria condicionado sua permanência na McLaren à ruptura do fornecimento de motores da Honda ao time inglês.

Nesta quinta-feira (31) em Monza, Alonso negou que tenha feito este pedido.

"Absolutamente não é verdade", disse o espanhol à Reuters. "Eu não fiz isso. Mais do que tudo, não sou maior do que uma equipe."

Outro assunto que deu o que falar após o GP da Bélgica foi o fato da unidade de potência que trouxe problemas a Alonso em Spa que poderá ser usada novamente em Monza. Isso gerou especulações de que o espanhol teria simplesmente desistido da corrida por saber que não alcançaria um bom resultado. Ao ser perguntado sobre o assunto, ele comentou: "Eu li isso e estou surpreso."

"Parece que as pessoas esqueceram que estou correndo aqui há três anos, lutando, dando o meu máximo desde início e até tentando correr com uma costela quebrada no Bahrein.

"Quando leio isso, acho que as pessoas não estão muito concentradas nas coisas reais que aconteceram em Spa."

 

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Pilotos Fernando Alonso
Tipo de artigo Últimas notícias