Alonso: oitavo lugar na Espanha deixa “ótimo gosto”

Após perder posições em uma largada ruim, espanhol achou que “seria impossível pontuar”

Fernando Alonso admitiu que enfrentou dificuldades durante o GP da Espanha, mas reconheceu que, no fim, o oitavo lugar deixou um “ótimo gosto”. 

O espanhol, que partiu da mesma posição no grid, chegou a perder terreno na confusão do início, que eliminou Romain Grosjean, Nico Hulkenberg e Pierre Gasly. Contudo, conseguiu subir após os problemas de Kimi Raikkonen e ao superar Charles Leclerc, da Sauber.

“A largada foi ruim. Ficamos presos na curva 2 e perdemos muitas posições. Dali para frente, foi uma corrida muito difícil. Tínhamos os supermacios e havíamos perdido posições, sendo que nossa chance era ganhar posições e depois ter de parar mais cedo. Então, pensei que seria impossível marcar pontos, então o oitavo lugar deixa um ótimo gosto. É a quinta corrida seguida nos pontos, e mais quatro pontos no bolso.”

Ao fazer um balanço do desempenho da McLaren durante o fim de semana, quando a equipe estreou uma série de novidades em seu carro, o espanhol foi cauteloso. “Estamos dando pequenos passos à frente. Na China, ficamos 0s8 atrás da Renault, e aqui estivemos em um nível parecido, no mesmo décimo de segundo na classificação e também na corrida.”

“Então, acho que ganhamos alguns décimos em relação às equipes mais poderosas. Mas vemos que Mercedes, Red Bull e Ferrari ainda estão em um outro nível, então foi uma corrida monótona nesse sentido.”

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP da Espanha
Pista Circuit de Barcelona-Catalunya
Pilotos Fernando Alonso
Tipo de artigo Últimas notícias