Alonso pode ficar mais dias no hospital, diz empresário

García Abad prega cautela sobre retorno do espanhol às pistas: “Temos que ter certeza de que ele está pronto para dirigir no momento certo”

Luis García Abad, empresário de Fernando Alonso, afirmou que o piloto espanhol pode ficar sob cuidados médicos no Hospital Geral da Catalunha por mais "um, dois ou três dias".

[publicidade]Segundo Abad, a concussão gerada pelo forte impacto contra a parede do circuito catalão faz com que a equipe médica adote cautela com Alonso.

"Ele vai ficar aqui o tempo que for preciso para ter certeza que está tudo bem. Não posso dizer se por mais um, dois ou três dias", declarou.

Abad, que havia afirmado que o acidente não tiraria Alonso do GP de Melbourne, no dia 15 de março, agora prefere não estipular um prazo para o retorno do espanhol ao cockpit.

"A Fórmula 1 não é um jogo. Temos que ter certeza de que ele está pronto para dirigir o carro no momento certo, porque queremos ser competitivos até a última corrida da temporada", acrescentou.

A McLaren ainda não decidiu quais pilotos estarão na próxima bateria de testes, que terá início no próximo dia 26. Embora a escuderia de Woking não descarte a possibilidade de Jenson Button guiar todos os dias, Kevin Magnussen e Stoffel Vandoorne aparecem como opções.
Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Tipo de artigo Últimas notícias