Alonso: "Prefiro vencer 19 corridas fazendo um monte de pit stops"

Espanhol diz que carros como a Sauber, que economizam pneu, são vantajosos apenas em algumas provas

Alonso é vice-líder do mundial

É melhor ter um carro rápido do que um que economiza pneus. Essa é a opinião de Fernando Alonso, que terminou o último GP, no Canadá, em quinto após liderar até sete voltas do fim.

Mesmo tendo sofrido com a alta degradação nos Pirelli de sua Ferrari nas voltas finais e visto outros pilotos, como Sergio Perez e, especialmente, Romain Grosjean, terminando a sua frente com estratégias semelhantes, o espanhol acredita que isso não é determinante ao longo da temporada.

“Foi uma corrida muito extrema em relação aos pneus”, afirmou o bicampeão em entrevista acompanhada pelo TotalRace. “A Sauber fez uma parada na Austrália e agora voltou a fazê-lo. Mas é um caso específico. Quando a degradação é muito boa, isso pode lhe oferecer um pódio, o que é motivo de satisfação.”

O GP do Canadá marcou o segundo pódio da equipe suíça na temporada, todos com Perez. Mas, para Alonso, um carro veloz é mais garantia de bons resultados, pois não depende de corridas em que a degradação é alta.

“Eu preferiria vencer 19 corridas fazendo um monte de pit stops do que chegar ao pódio em uma corrida porque o pneu dura 20 voltas a mais que os outros.” 

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Pilotos Fernando Alonso
Tipo de artigo Últimas notícias