Alonso, quarto: "Estou satisfeito por conseguir 100% do que poderia"

compartilhar
comentários
Alonso, quarto:
Por: Julianne Cerasoli
25 de set de 2011 15:53

Espanhol afirma que fez 61 voltas de classificação em Cingapura e que depende de problemas dos outros para ganhar posições

Alonso fez outra boa largada e pulou de quinto para terceiro

Fernando Alonso se disse satisfeito mesmo tendo ficado pela primeira vez fora do pódio no GP de Cingapura. O quarto colocado acredita que tirou 100% do potencial da Ferrari durante o final de semana e creditou a posição aos problemas de Lewis Hamilton, que se envolveu em batida com Felipe Massa e teve uma corrida tumultuada.

“Estou satisfeito por ter conseguido 100% do que poderíamos fazer nesse final de semana. Na classificação, fiz uma volta perfeita. A largada foi ótima, a estratégia também. Sob todos os pontos de vista, inclusive dos pit stops, acredito que foi ótimo. Se dá para ser quarto, seremos quartos, se o potencial for para vencer, venceremos.”

De acordo com o espanhol, a degradação do primeiro jogo de pneus e o Safety Car acabaram com as chances de pódio.

O primeiro jogo de pneus teve uma degradação incrível, mesmo em relação a nossos adversários. Nos demais jogos, acho que foi igual aos outros. Depois, estávamos seis segundos à frente do Webber e a diferença acabou com o Safety Car.”

Após mais uma boa largada, o espanhol pulou de quinto para terceiro, mas, a exemplo de Monza, não conseguiu manter a posição. Perguntado se o fato de não ter carro para lutar de igual para igual com McLaren e Red Bull o incomodava, o piloto da Ferrari afirmou que não pensa nisso.

“Faço a largada que der e depois, 61 voltas de classificação. Se que, em condições normais, vão me ultrapassar, mas as vezes algumas coisas podem acontecer e em Monza, por exemplo, chegamos ao pódio porque Hamilton se entreteve com Schumacher na primeira parte da corrida e aqui também ele teve algum problema. Acho que essa vai ser a tônica dessas corridas. Tentar chegar no pódio quando houver algum problema com os outros.”

Matematicamente fora da disputa pelo título depois deste resultado, o bicampeão afirmou que isso não muda nada sua abordagem daqui em diante.

“O fato de não ser mais matematicamente possível ganhar o campeonato não muda nada. Vamos a Suzuka da mesma forma que chegamos aqui, pois já estávamos bastante convencidos de que não era possível.”

(colaborou Luis Fernando Ramos, de Cingapura)  

Próxima Fórmula 1 matéria
Alonso reclama de retardatários e Alguersuari não gosta

Previous article

Alonso reclama de retardatários e Alguersuari não gosta

Next article

Michael Schmacher ganha apoio de Rosberg por renovação

Michael Schmacher ganha apoio de Rosberg por renovação
Load comments

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Evento GP de Cingapura
Pilotos Fernando Alonso Shop Now
Autor Julianne Cerasoli
Tipo de matéria Últimas notícias