Alonso quer GP perfeito e sem chuva para lutar pelo vice

compartilhar
comentários
Alonso quer GP perfeito e sem chuva para lutar pelo vice
Por: Julianne Cerasoli
5 de out de 2011 08:40

Espanhol reconhece que Ferrari tem um carro inferior aos rivais, mas garante que ser segundo é sua meta para 2011

Alonso é terceiro no campeonato, a um ponto de Button

Fernando Alonso não gostou nada da recepção que teve no Japão: o espanhol não quer que a chuva que viu nesta quarta ao chegar ao circuito de Suzuka continue durante o final de semana.

“Cheguei no Japão nesta manhã e a chuva veio me receber quando fui à pista. Meu primeiro pensamento foi ‘antes hoje do que sábado ou domingo’, já que neste ano a pista molhada não nos trouxe muita sorte”, afirmou, referindo-se ao GP do Canadá, quando classificou-se em segundo e teve o único abandono da temporada. “Ao menos o prognóstico é melhor para o final de semana.”

Alonso garantiu que segue motivado para o restante do campeonato. O espanhol está a um ponto do atual segundo colocado no Mundial, Jenson Button.

“Dado como a temporada se desenvolveu, com Vettel no pódio em todas as provas, exceto uma, ser vice-campeão seria um grande resultado para mim e para a equipe. Somos quatro na briga, com Webber e a dupla da McLaren e acho que teremos de esperar até Interlagos para saber quem vencerá.”

O piloto da Ferrari, no entanto, reconheceu que repetir o vice do ano passado será difícil de repetir em 2011.

“Pela maneira como as últimas corridas se desenvolveram, definitivamente não será fácil, já que meus rivais parecem ter mais performance em seus carros, mas não é uma causa perdida. Temos de fazer tudo de maneira perfeito. Também há o segundo lugar no Mundial de Construtores, mas isso é mais difícil porque a McLaren está muito longe.”

O bicampeão venceu duas vezes o GP do Japão, com a Renault. A primeira – e mais comemorada – foi em Suzuka em 2006 e a segunda, em Fuji, duas temporadas depois.

“A primeira foi a melhor, mas não tenho certeza se minha equipe concordaria. Posso entender porque sei como é ruim ver um carro parar por uma quebra. Na verdade, o mesmo tinha acontecido comigo algumas semanas antes em Monza: a F-1 pode ser cruel às vezes”, afirmou, lembrando a disputa pelo campeonato contra Michael Schumacher. 

Próxima Fórmula 1 matéria
Webber nega declarações de que 2010 foi sua última chance

Previous article

Webber nega declarações de que 2010 foi sua última chance

Next article

Di Grassi: teste na Espanha visou temporada 2012

Di Grassi: teste na Espanha visou temporada 2012
Load comments

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Evento GP do Japão
Pilotos Fernando Alonso Shop Now
Autor Julianne Cerasoli
Tipo de matéria Últimas notícias