Alonso quer “laranja Indy” na McLaren em 2018

Espanhol espera que seu carro para a temporada da F1 tenha semelhanças com aquele com que competiu na Indy 500 no ano passado

Fernando Alonso afirmou que gostaria que sua McLaren para a temporada de 2018 da F1 tenha pintura semelhante àquela que utilizou em sua participação nas 500 Milhas de Indianápolis do ano passado.

Participando da tradicional prova americana pela primeira vez, Alonso liderou por 27 voltas em seu McLaren-Andretti Autosport Honda antes de sofrer uma falha de motor que o fez abandonar a corrida em seus estágios finais.

Quando perguntado pelo Motorsport.com se já havia visto a pintura de seu próximo carro, Alonso disse: “Não, ainda não. Mas veremos.”

“Eu estaria feliz com qualquer cor, mas o laranja faz parte do DNA da McLaren, então seria legal se víssemos um laranja como o da Indy. Foi um ótimo evento, com um ótimo carro da McLaren por lá.”

Ao analisar suas chances de disputar a Indy 500 novamente, Alonso disse: “Eu gostaria. É uma fantástica experiência e eu gostaria de repeti-la.”

“Em 2018 não será possível, já que estarei em Mônaco. Mas, uma vez que eu não esteja na F1, gostaria de tentar novamente, de aproveitar o momento especial de novo. Se será em 2019 não sei, mas farei meu melhor para voltar.”

No começo do mês, o diretor executivo da McLaren, Zak Brown, afirmou que o visual da McLaren passará “pela maior mudança” de todas as equipes do grid de 2018.

No ano passado, o time usou uma nova pintura, em preto, laranja e branco, como parte de uma repaginação após a saída do antigo dirigente máximo, Ron Dennis.

Brown se mostrou determinado a mudar o visual da marca e espera que a troca de motor, do Honda para o Renault, ofereça uma oportunidade para dar continuidade ao processo.

“O carro não terá o mesmo visual do ano passado”, disse Brown ao Motorsport.com.

“Nossa marca como um todo, a visibilidade da McLaren, irá a um outro nível, e será empolgante.”

“Sabemos qual será o visual de várias outras equipes, mas, espero, as pessoas verão a maior mudança dentro e fora da pista com a McLaren na Austrália.”

“Uma das coisas que a McLaren não tem feito nos últimos anos é ser uma líder. Com nossa garagem e tudo mais, parecemos como todos os outros – então, precisamos dar um passo à frente e ser os caras sobre quem todo mundo diz: ‘Você viu o que a McLaren fez?’.”

“Isso é algo que a McLaren sempre foi. Acho que, com nossa falta de competitividade, nós meio que nos misturamos. Precisamos voltar a ser uma equipe da qual as outras têm inveja. Sinto que estamos no caminho.”

Brown acrescentou que a pintura terá “ligação com a história”, mas que os detalhes finais dependerão de patrocinadores.

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Pilotos Fernando Alonso
Equipes McLaren
Tipo de artigo Últimas notícias