Alonso quer vencer 4 seguidas "e que alguém atropele" Vettel

compartilhar
comentários
Alonso quer vencer 4 seguidas
25 de ago de 2013 21:23

A 46 pontos do piloto alemão, espanhol lembra da vantagem que viu desaparecer ano passado nesta fase do ano

Após a vitória contundente no GP da Bélgica, Sebastian Vettel lidera a tabela com 197 pontos, seguido por Alonso com 151 e Hamilton, que tem 139. Raikkonen segue com 134. A vantagem do piloto da Red Bull é de 46 pontos, o equivalente a quase dois primeiros lugares – cada triunfo dá 25 pontos.

Mesmo com o passeio de Vettel em Spa, Alonso mantém a confiança de que pode virar o jogo. Restam ainda 200 pontos a serem disputados. “O exemplo mais claro de como as coisas podem mudar é o campeonato do ano passado, quando eu saí de Monza [palco da próxima etapa] com 41 pontos a mais que Vettel e, com duas ou três provas para o final, estava 15 pontos atrás”, recordou o espanhol. “As coisas podem mudar rapidamente. Para isso, precisamos ganhar corridas três ou quatro corridas seguidas e que alguém atropele ele em alguma largada, como aconteceu comigo ou problemas técnicos. Isso aconteceu comigo ano passado e por que não poderia ocorrer de novo?”

Na última temporada, a liderança confortável que Alonso tinha justamente nesta fase do campeonato começou a cair quando o espanhol foi acertado por Romain Grosjean na largada do GP da Bélgica e Sebastian Vettel engatou uma série de quatro vitórias seguidas entre Cingapura e Índia. Após um novo acidente do piloto da Ferrari na largada, desta vez no Japão, o alemão assumiu a ponta e acabou ganhando o campeonato com três pontos de vantagem.

No entanto, a dificuldade para os rivais de Vettel é a regularidade do alemão, que tem apenas um abandono na temporada e não sabe o que é chegar abaixo do quarto lugar após 11 etapas. E a vitória com quase 17s de vantagem na Bélgica só aumentou a impressão de que a Red Bull dificilmente será batida.

Mas o piloto não quer cantar vitória. “Certamente foi uma mensagem positiva, mas estou mais feliz em vencer a corrida”, disse Vettel. “Em relação ao campeonato, o caminho ainda é longo.”O tricampeão não descarta nem Raikkonen, quarto colocado na tabela, 63 pontos atrás. “Há mais de 63 pontos em jogo”, justifica.

Próxima Fórmula 1 matéria
Após Webber entregar, Vettel diz que escolher Ricciardo "faz sentido"

Previous article

Após Webber entregar, Vettel diz que escolher Ricciardo "faz sentido"

Next article

"A equipe viu que eu tinha um ritmo forte", diz Massa

"A equipe viu que eu tinha um ritmo forte", diz Massa
Load comments