Alonso rebate Rosberg: “Não me arrependo de minhas escolhas”

Espanhol defende decisões que tomou no passado, mas lamenta que resultados não vieram: “Não tenho bola de cristal”

Fernando Alonso rebateu os comentários de Nico Rosberg e garantiu que não se arrepende de nenhuma decisão que já tomou no passado.

O alemão, campeão da F1 em 2016, comentou que o espanhol vive momento de seca de bons resultados porque teve escolhas erradas em sua carreira ao se juntar a equipes que viviam maus momentos.

No entanto, Alonso defendeu que, na época, as opções não pareciam ruins. “Não me arrependo de nenhuma decisão que tomei”, disse.

“Eu digo com frequência: toda vez eu escolho a melhor opção, a mais lógica. Infelizmente, não tenho bola de cristal.”

“O que aconteceu comigo é parecido com o que aconteceu com Michael Schumacher na Mercedes, onde as coisas não deram certo. Ou até mesmo com Lewis Hamilton, que não teve um bom primeiro ano na Mercedes.”

“Estou orgulhoso por ter pilotado para Renault, McLaren e Ferrari. Quando me juntei a essas equipes, ninguém criticou minha escolha ou disse que era uma decisão ruim.”

“Olhando agora é diferente, mas estou orgulhoso dos lugares onde estive.”

O espanhol, de 36 anos, não vence uma prova desde 2013, quando ainda estava na Ferrari. O jejum é muito maior de títulos mundiais – seu último triunfo foi em 2006, ainda de Renault.

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Pilotos Fernando Alonso
Tipo de artigo Últimas notícias