Alonso revela tristeza com previsibilidade atual da F1

Espanhol da McLaren crê que problema de competitividade tenha que ser solucionado e confia em projeto da Liberty Media

Um dia antes da apresentação do projeto da Liberty Media para como deverá ser a Fórmula 1 em 2021, Fernando Alonso disse que o problema da competitividade do campeonato deve ser solucionado o quanto antes pelos dirigentes.

As mudanças propostas provavelmente incluirão uma nova estrutura de premiação, um limite de custos e novas regras sobre carros e motores.

Falando nesta quinta, Alonso disse que quer que a F1 ofereça corridas mais disputadas. O piloto diz que não está feliz que a ordem do grid esteja praticamente definida antes de cada final de semana.

"Eu acho que pode ser uma batalha mais próxima", disse ele. "Isso sempre seria bem-vindo, mas sempre foi assim na F1”.

"Eu me lembro de assistir na TV uma corrida dos velhos tempos na semana passada, uma prova de 1990 ou 1989. Lá, além dos quatro primeiros carros, todos tomaram volta. Mas lembramos daquela época como uma era dourada, com grandes nomes e etc."

"Se você ver agora outros campeonatos, você assiste uma corrida de IndyCar com um resultado imprevisível até as últimas 10 voltas. Tem muito mais emoção para a audiência da TV.”

"Agora podemos apostar na ordem da qualificação para esta corrida na quinta-feira, e isso é um pouco triste."

Sergio Perez, da Force India, também apoiou a posição de Alonso. Para ele, os pilotos estão ansiosos para que haja maior competição.

"A Liberty Media tem o futuro da F1 em suas mãos", disse o piloto mexicano. "Nós vimos nos últimos anos que não tivemos um bom show, e o público está caindo. Espero que com isso (novo plano para 2021) eles tragam muitos fãs de volta ao esporte".

Perez acredita que os pilotos estão unificados na postura de que devem pressionar para ajudar o esporte a tomar as decisões corretas sobre seu caminho futuro.

"Vamos ser bem fortes, vamos estar bem unidos também. Queremos trabalhar em conjunto com a F1 para melhorar o show, para aproximar o grid."

“Eu acho que é o que o esporte precisa: mais competição. E todos os pilotos estão prontos para isso. O que pudermos fazer para ajudar, estaremos prontos para isso."

Alonso está feliz, no entanto, com a quantidade de feedback dos pilotos requisitado pela Liberty.

"Definitivamente a Liberty tem sido bastante aberta desde o primeiro dia, e eles já nos perguntavam no ano passado sobre as opiniões e ideias diferentes que tínhamos", disse Alonso quando questionado sobre as discussões dos pilotos com os chefes da F1.

"Foram conversas muito produtivas, então acho que agora eles têm um plano. Eles vão mostrar amanhã para as equipes e vamos concordar com qualquer decisão, porque eles têm todo o poder e todo o conhecimento de como fazer as coisas.”

"Espero que eles tragam novas ideias e novas coisas que possam melhorar o show."

Reportagem adicional por Adam Cooper

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Pilotos Fernando Alonso
Tipo de artigo Últimas notícias