Alonso, segundo: "não tinha ritmo no pneu médio para vencer"

Espanhol comemora "corrida fantástica" e acredita que, mesmo sem segundo pitstop lento, não poderia superar Hamilton

Alonso conquistou seu décimo pódio no ano

Fernando Alonso acredita que não tinha armas para vencer o GP de Abu Dhabi. O espanhol, que largou em quinto e fechou a primeira volta em segundo após superar Mark Webber e Jenson Button e ainda lucrar com o abandono de Sebastian Vettel, creditou ao ritmo inferior do pneu médio o fato de não ter alcançado o mesmo desempenho do vencedor Lewis Hamilton.

“Foi uma corrida fantástica, com uma ótima largada e primeira volta, com a briga com Jenson. Com isso e o problema de Sebastian, ficamos em segundo e permanecemos a corrida inteira a três ou quatro segundos de Lewis.”

Alonso chegou a ameaçar a liderança do inglês na segunda rodada de pitstops, quando ficou mais voltas na pista para tentar superá-lo, mas não crê que poderia ter feito mais.

“No final do segundo stint, eu consegui me aproximar mais dele e permanecemos mais tempo na pista para tentar a ultrapassagem, mas tivemos tráfego na entrada do pit com uma Hispania e perdemos um pouco. Mesmo assim, nosso ritmo com os pneus médios era um pouco mais lento e não acho que seria possível ganhar hoje.”

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento Abu Dhabi GP
Pilotos Fernando Alonso
Tipo de artigo Últimas notícias