Alonso só renova com a McLaren se Honda sair, diz revista

Publicação alemã diz que espanhol deu ultimato à equipe mesmo após confirmação de que a fabricante japonesa pretende permanecer na F1

Fernando Alonso deixou suas condições bem claras para poder renovar seu contrato com a McLaren para os próximos anos. O espanhol só está disposto a permanecer na equipe inglesa caso haja um rompimento definitivo com a Honda.

É o que garante a revista alemã Auto Motor und Sport. Por mais que publicamente indique o contrário, Alonso teria dito internamente que não quer continuar enfrentando dificuldades com o motor Honda, que mais uma vez apresentou falta de potência durante o GP da Bélgica.

Isso coloca a McLaren em uma situação delicada, já que, ainda segundo a publicação, a própria fornecedora deixou claro para a FIA que não pretende abandonar a F1.

Assim, a McLaren fica sem alternativas. Para obter um outro acordo de motor em circunstâncias financeiras favoráveis, ela precisaria torcer para que a Honda fechasse com a Toro Rosso, o que deixaria à disposição os motores Renault atualmente utilizados pela equipe italiana.

Alonso retornou à McLaren em 2015, justamente o ano que marcou o recomeço da parceria com a Honda. Desde então, o espanhol tem enfrentado grandes dificuldades e expressado publicamente sua insatisfação, já que, de lá para cá, teve vários abandonos e obteve apenas três quintos lugares como melhores resultados. 

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Pilotos Fernando Alonso
Equipes McLaren
Tipo de artigo Últimas notícias