Alonso sonha com largada agressiva para incomodar Mercedes e Red Bull

Apesar do quinto lugar, o espanhol deixou o treino de classificação satisfeito com o desempenho de sua Ferrari

Fernando Alonso ficou pouco mais de 0s2 atrás do pole, Lewis Hamilton
A Ferrari, de repente, se tornou um carro competitivo em Cingapura. Neste sábado, Fernando Alonso obteve a quinta colocação no treino de classificação, com uma marca próxima aos dos quatro primeiros carros (Mercedes e Red Bull). Para aumentar ainda mais o grau de competitividade, o espanhol sonha com uma largada agressiva.
 
[publicidade] “Amanhã (domingo), teremos que largar muito bem. Ganhar uma ou duas posições seria muito bom, ainda mais se não perder na sequência. Vamos tentar uma boa saída e manter o carro bem, já que todos aqui sofreremos com o tráfego”, afirmou o bicampeão mundial após a qualificação.
 
Apesar de sair apenas na terceira fila, Alonso deixou o treinamento empolgado. Com a marca de 1min45s907, o espanhol ficou apenas 0s226 do pole-position Lewis Hamilton, da Mercedes. 
 
Este equilíbrio afastou qualquer questionamento de Alonso sobre o carro vermelho. “Foi uma quinta posição muito diferente aqui, só 0s2 do primeiro colocado, então saio muito feliz. A estratégia amanhã é conseguir até três posições durante a corrida”, declarou.
 
Enquanto Alonso deixou o treinamento satisfeito, Kimi Raikkonen enfrentou problemas no Q3. Depois de batalhar pelas primeiras posições nas duas primeiras sessões do qualificatório, o finlandês abortou a segunda volta rápida por conta de uma adversidade no motor.
 
“É uma pena, pois poderíamos ter feito um bom trabalho hoje. É da corrida, isso infelizmente acontece. Vamos tentar resolver isso para melhorar as coisas para amanhã. Espero que não seja um grande problema”, disse o finlandês, que largará na sétima colocação.
 
Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Tipo de artigo Últimas notícias